segunda-feira, 24 de abril de 2017

Maze Runner: Correr ou Morrer

Assisti Maze Runner: Correr ou Morrer (2014) de Wes Ball no TelecinePlay. Na verdade ver esse filme estava uma novela. Coloquei pra gravar e faltou o final, coloquei de novo e deu o mesmo erro. Só parou de dar o erro quando gravei na Fox. Acho que era algum erro de configuração do Telecine. Gostei bastante e quero ver o seguinte. A série é baseada nos livros de James Dashner.

Um rapaz chega de elevador em um vale cercado de pedras que é um labirinto na verdade. Lá vivem vários rapazes. Os corredores vão ao labirinto quando abre para tentar achar a saída. Logo esse rapaz se une aos corredores. É interessante porque é bem vídeo game. Há sempre novas fases a alcançar.

Há várias questões interessantes quando eles conseguem sair do labirinto. Tudo está destruído no laboratório e ouvem uma mulher dizer que o mundo tinha acabado e por algum motivo esses jovens sobreviveram e eles queriam entender o que eles tinham de diferente. E por isso o teste no labirinto. O laboratório foi destruído e essa mulher está morta. Mas aí vemos ela em uma reunião viva, dizendo que os rapazes acreditaram na encenação e que seguiriam para as próximas fases. A mulher disse que não esperava que tantos saíssem vivos, que foi um número bem maior que esperavam. O último rapaz que chega é interpretado por Dylan O´Brein. A menina por Kaya Scodelario. Adoro o ator Thomas Brodie-Sangster. Alguns outros são: Ki Hong Lee, Will Poulter, Dexter Darden, Patricia Klarkson e Blake Cooper.
Beijos,
Pedrita

10 comentários:

  1. Não faz meu estilo.
    Estou vendo as série adolescente na Netflix e estou achando um horror.
    Nem sabia que adolescente eram tão chatos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. liliane, eu gosto de video game e gostei do primeiro. não penso em ver essa série e nem tenho netflix.

      Excluir
  2. Eu achei a estória instigante. O tema é totalmente diferente mas, por algum motivo, este filme me evocou o A Ilha (com Ewan Mcgregor).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. marly, não lembro de a ilha. é um tema razoavelmente comum.

      Excluir
  3. Realmente é um bom filme. Os adolescentes presos no labirinto é uma bela sacada. A continuação muda o local dos acontecimentos e perde um pouco da qualidade, mas mesmo assim também é uma boa diversão.

    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hugo, estou curiosa para ver o segundo. gostei tb. é bom.

      Excluir
  4. O Hugo tem razão é um bom filme, eu amei!

    Beijinhos ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. andréa, eu gostei, não cheguei a amar, mas é bom.

      Excluir
  5. Olááááá Pedrita
    Não li o livro e não assisti o filme.
    Assim de cara me lembrou Jogos Vorazes.
    O plot é bem interessante, gostei muito da sua resenha.
    Gostei da pegada game e das várias fases que devem ser ultrapassadas.
    Esse labirinto parece ser bem enigmático e com todo o jeito de suspense.
    Levo para a lista dos desejados.
    Bjs Luli

    Café com Leitura na Rede

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. luli, não penso em ler o livro. mas os filmes quero ver. adorei q parece video game. é bom.

      Excluir

Bons comentários!