quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

A Conjura de José Eduardo Agualusa

Terminei de ler A Conjura (1989) de José Eduardo Agualusa da Gryphus. Eu achei esse livro em um sebo. Já tinha lido o e gostado muito de Estação das Chuvas, quis ler mais um. Belíssima capa de Mariana Newlands. É o primeiro livro do autor e foi muito premiado.

Obra de Lino Damião

A Conjura é ambientada entre 1880 e 1911 em São Paulo da Assunção de Luanda, que ficou futuramente somente Luanda. Vários personagens passam na trama toda que é intrincada. Fui pesquisar e vi que a Angola só se tornou independente de Portugal em 1975. Quando o livro começa negros e brancos conviviam. Mas com a chegada de alguns outros portugueses, eles começaram a se incomodar com a mistura e a sociedade portuguesa que vivia em Angola começou a demitir e afastar negros de comércios, instituições públicas, do convívio.
Obra Feminino Africano (1988) de Antônio Feliciano Dias dos Santos

Os moradores de Luanda então começam a conspirar contra o governo. Era por Angola que muitos dos escravos eram enviados ao Brasil e muitos angolanos enriqueceram demasiadamente com o comércio de humanos. No livro, alguns brasileiros apoiam o revanche e enviam dinheiro e armamentos. É um livro muito rico, muitos personagens, muitas histórias. O quanto estamos ligados a Angola, às vezes por motivos nada nobres, ou até mesmo por termos tido os mesmos colonizadores e o mesmo idioma, e o quão pouco conhecemos o país. Gostei muito da obra!

Tanto os pintores, bem como o compositor, são angolanos como o autor.

Beijos,
Pedrita

19 comentários:

  1. Não é meu estilo de leitura.
    Estou lendo, lentamente, que nem gosto de ler assim, Vitor Hugo Mãe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. liliane, acho que iria gostar. eu falei só de um viés do livro. esse do valter hugo mãe não li. só li um e não me identifiquei tanto.

      Excluir
  2. Não faz muito meu gênero de leitura.
    Estou com uma Pesquisa de Público no blog e convido você para participar.
    big beijos,
    Lulu
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. lulu, o meu resumo não dá muita ideia da obra. acho que iria gostar.

      Excluir
  3. Olá Pedrita
    O ano está no começo e você já terminou um livro?
    Guria você é uma inspiração!
    Gostei da indicação, gosto de livros com tramas intrincadas, vou anotar na minha lista de desejados.

    Excelente 2019 pra ti!

    Bjs Luli
    https://cafecomleituranarede.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. luli, eu escolhi um livro pequeno para me motivar. já li pq era pequeno e foi um truque pra me fazer sentir mais produtiva. acho q vc vai gostar. o estilo do agualusa é mujito instigante.

      Excluir
  4. A Pedrita leu o primeiro romance de Agualusa, que não li. Contudo os dois dele que li têm temas bem diferentes: o vendedor de passados, a vida de alguém que contrói o passado de pessoas para singrarem na sociedade, meio mágico é uma pérola literária, a teoria geral do esquecimento baseado numa personagem real que figiu do mundo após a independência é outra maravilha e foi nomeado para o Internacional man booker prize e ganhou um prémio na Irlanda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. carlos, achei em um sebo. eu fico olhando muito tempo o que o sebo tem e vi esse, nem sabia que era o primeiro do autor. acho que vai gostar. quero muito ler o vendedor de passados pq amei o filme.

      Excluir
  5. Pedrita, o Bebedouro não tem cheiro forte.
    E a água faz aquele barulho discreto de água escorrendo.
    Não é por causa de cheiros que elas não fazem fila para beber água. Mas elas bebem água nele.
    Aliás, eu que imaginei fila para beber água

    Achei interessante aquele da torneira na parede.
    Mas nem entendi como aquilo funciona.
    E não está em meus planos essa compra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. liliane, eu tb acho mágico o de torneira, mas nao é tão complexo como parece.

      Excluir
  6. O livro de Valter Hugo Mãe que estou lendo é "O filhos de mil homens".
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Acreditas que nunca li nada do Agualusa. E ele é tão bom, né? Adorei a dica. Vou procurar esse livro, não conhecia. Me lembrou os livros do Mia Couto.
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. adriana, eu ganhei há anos um, gostei muito. depois vi o filme baseado em outro que achei fantástico o roteiro e quero ler. qd vi esse em um sebo não relutei.

      Excluir
  8. Adorei a resenha, o livro me despertou grande curiosidade.
    Beijos boa semana
    https://bellapagina.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Achei sua resenha muito interessante.
    Leu o livro inteiro, nesse início de ano?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. heloisa, eu escolhi um livro fininho para me sentir produtiva. tentei me enganar. por isso li rapidinho. agora estou lendo um livro médio.

      Excluir

Bons comentários!