sábado, 23 de fevereiro de 2008

Lost Zweig

Assisti Lost Zweig (2004) de Sylvio Back no Canal Brasil. Vocês não imaginam o quanto ansiava por ver esse filme que já impressionava nos festivais mas tinha problemas de recursos para o lançamento. Imagino que muitos filmes brasileiros passem pelo mesmo problema. Recentemente li que ia estrear nos cinemas e qual não é minha frustração de ver que estreou em uma única sala em São Paulo e eu não consegui ver. Pelo menos o Canal Brasil resolveu essa questão não só colocando na programação esse filme, mas colocando também o documentário anterior feito pelo diretor sobre esse casal.

É sobre um período histórico brasileiro que mal aprendemos nas escolas, não sei se hoje mudou, mas aprendi que Getúlio Vargas foi um grande presidente, só depois no cursinho que aprendi que no seu segundo mandato se tornou um ditador ferrenho. Também soube por amigos que ele deportava do próprio porto judeus que vinham se refugiar no país e vimos isso também no filme Olga como ele era implacável com judeus. Lotte e Stefan Zweig eram judeus e vieram se refugiar no Brasil. Ele era um escritor que já tinha estado no país e se maravilhado. Como ele era importante e Getúlio Vargas desejava mostrar que não era antipático com os judeus, não só autorizou o casal de ficar no país como tiveram uma relação próxima. Mas começaram então as exigências políticas e solicitações de livros elogiando o Brasil. Até que todos se surpreendem com a notícia do suicídio do casal.

O Canal Brasil me proporcionou outra preciosidade, logo após a exibição do filme, passaram o documentário que Sylvio Back tinha realizado anteriormente. O filme é baseado em um livro do Alberto Dines e no documentário Dines fala sobre o casal e suas pesquisas, muito interessante.

O casal que interpretada os Zweig é excelente. Sylvio Back optou por fazer o filme em inglês com legendas, o que gerou infelizmente muita polêmica, mas acho que normal, já que muitos brasileiros só sabem criticar o nosso cinema por qualquer alfinete e elogiar filmes estrangeiros por qualquer bobagem. Os incríveis atores que interpretado os Zweig são: Rüdiger Vogler e Ruth Rieser, além de excelente é muito bonita. Outra bela mulher que atua muito bem no filme é Ana Carbatti. Quem interpreta Getúlio Vargas é Renato Borghi. Há vários bons atores conhecidos no elenco: Ney Piacentini, Cláudia Neto, Daniel Dantas, Kiko Mascarenhas, Kátia Bronstein, Denise Weinberg, Juan Alba, Odilon Wagner, Michel Bercovitch, Felipe Wagner, Carina Cooper e Sílvia Chamecki .

Lost Zweig ganhou três prêmios no Festival de Brasília: Melhor Atriz (Ruth Rieser), Melhor Roteiro e Melhor Direção de Arte. Cinco prêmios no Cine Ceará: Melhor Filme, Melhor Direção, Melhor Fotografia, Melhor Roteiro e Melhor Trilha Sonora e prêmio de Melhor Fotografia, no Festival de Cuiabá. A fotografia de Antônio Luís Mendes é realmente belíssima!
Música do post e que estava no filme: Marchinhas de Carnaval - Abre Alas - Chiquinha Gonzaga
Beijos,

Pedrita

6 comentários:

  1. Assisti a este filme, achei muito bom. E aí, já está pronta para a festa do Oscar? rs Depois quero ver seus palpites e/ou comentários. Um grande beijo.

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia este filme. Me pareceu bem interessante. Eu também aprendi na escola qe Getúlio foi um grande presidente e só. Eu não aprendi nada sobre a ditadura na escola. Espero que isso tenha mudado nas escolas de hoje.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia este filme. Vou anotar ...

    Bjs.
    elvira

    ResponderExcluir
  4. Me parece uma boa sugestão para um cineminha!
    Passe lá no meu blog e deixe seu comentário!!!

    ResponderExcluir
  5. celia, amiga, a tv já está ligada no e! pra acompanhar as prévias do oscar. prometo comentar a festa esse ano.

    marion, espero que sim.

    elvira, eu gostei muito.

    juju, acho lost zweig bem denso, não sei se seria bom como distração.

    ResponderExcluir
  6. Gostei da dica, não conhecia este filme.

    Bjos

    ResponderExcluir

Bons comentários!