segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Três Tempos

Assisti Três Tempos (2005) de Hsiao-hsien Hou no Telecine Cult. Olhei na programação e escolhi esse filme de Taiwan com co-produção da França. O nome original é Zui Hao De Shi Guang e no Brasil está como Três Tempos. Durante a trama aparecem escritos os Três Tempos: Tempo de Amar, Tempo de Liberdade e Tempo de Juventude. Nos Três Tempos é sempre o mesmo casal vivendo momentos políticos diferentes. Começa em 1966, vai para 1911 e termina em 2005. Mostra não só as diferentes relações e seu tempo, a questão política, as músicas, bem como a linguagem do cinema.

Gostei no início que tudo pratica-mente se passa em uma única tomada de uma sala onde se joga sinuca. Pouco vemos de outros ambientes. Em todos há poucos diálogos e muitos são escritos. Em 1966 por cartas, em 1911 todo o texto é como filme mudo. E no último high tech, nesse tudo é pelo computador, SMS ou recado no celular. As relações afetivas também mudam. Há a declaração de amor no primeiro, mas eles só pegam na mão muito tempo depois. No de 1911 é a época do concubinato e as difíceis relações femininas. E no último as mudanças das relações não só entre quatro paredes, mas entre os familiares. Os tempos de cada tempo também são diferentes, as técnicas cinematográficas e a iluminação. No de 1911 tudo é perfeito, nada está fora de lugar, tudo é milimetricamente estudado. Como a hora que a personagem arruma milimetricamente uma toalha. Em 2005 tudo já é mais bagunçado, as ruas são super lotadas, tudo não é muito bonito esteticamente. Gostei demais de Três Tempos. Os dois atores são muito bonitos e talentosos: Shu Qi e Chang Che
Youtube: Three Times Trailer



Beijos,

Pedrita

12 comentários:

  1. Também gostei bastante. No CCBB, aqui no Rio, foi apresentado como 'Três momentos'. Mas 'Três tempos' talvez seja mais adequado.

    Um abraço.
    Curiosamente,
    o seu Verificador de Palavras
    escolheu CHINA para liberar o comentáruio aqui posto.
    Outro abraço.

    ResponderExcluir
  2. Nossa, fiquei louca de vontade de assistir!!!! Vou providenciar!

    beijos!

    ResponderExcluir
  3. Oi Pedrita.

    Que filme interessante. Fiquei com vontade de assistir.

    Bjs.
    Elvira

    ResponderExcluir
  4. Esse filme passou aqui no cineclube da Horta, mas eu estava de viagem e não o vi, mas ouvi bons comentários sobre o mesmo.

    ResponderExcluir
  5. Olá, Pedrita

    As minhas férias terminaram e aqui estou.

    Este filme não conhecia. De facto os actores são bonitos e o enredo parece ser muito interessante. Vou procurar ver porque o tema cativa.

    Beijinhos,
    Isabel

    ResponderExcluir
  6. Muito interessante!!!!
    Vc e o telecine cult....caso de amor!!!
    Bj

    ResponderExcluir
  7. Oi Pedrita, este final de semana assisti ao Filme `"O último samurai", gostei muito, geralmente filmes que mostram a cultura oriental são ricos em detalhes né?
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Este não vi, mas pelo que escreveu me despertou muito o interesse. E uau! Que delícia receber de novo sua visita. Como pudemos ficar assim, tanto tempo? Bom... nem eu mesmo sei explicar. O que importa é etsramos por aqui, firmes e fortes (na medida do possível- rsrsrs). Adorei. Beijos grandes.

    ResponderExcluir
  9. Pedrita, um filme bem diferente, mas ainda nao o assisti, rs.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá Pedrita!
    O cinema asiatico continua a dar cartas e os cineastas de Taiwan continuam a surpreender que os descobre. Vale a pena estar atento, porque cada vez mais somos surpreendidos pelo seu vigor.
    Beijinhos
    Paula e Rui Lima

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem? Gosto da novela Paraíso! Eu comprei os dois recentes Cds do Victor e Leo! Bjs, Fabio www.fabiotv.zip.net

    ResponderExcluir
  12. moacy, eu gosto do ccbb do rj e o de são paulo, mas o daqui não está tão bem localizado qt ao do rj.

    carla e elvira, acho que vão gostar.

    la socière, eu tenho o telecine no meu computador e é por lá q seleciono os filmes q vou ver. o telecine cult é em geral o q tem melhores filmes.

    sheila, eu gosto de conhecer culturas diferentes.

    ed, vamos nos reaproximar.

    ResponderExcluir

Bons comentários!