domingo, 30 de agosto de 2009

Kung Fu Panda

Assisti Kung Fu Panda (2008) de Mark Osborne e John Stevenson no Telecine Premium. Eu tinha visto o trailer nos cinemas e pensei em levar minha mãe para vermos no cinema, mas não conseguimos. A expectativa foi grande para esperar estrear no Telecine. E me surpreendeu! Eu achei que era uma comédia de animação. Algo engraçado! Mas Kung Fu Panda tem um roteiro muito bem desenvolvido. Sem exageros, apesar de abusar um pouco da filosofia oriental. O roteiro é baseado na história de Ethan Reiff e Cyrus Voris. Gostei que Kung Fu Panda fala sobre determinação. Um grupo de grandes lutadores de kung fu foram preparados para o dia que escolhessem o grande guerreiro. Só que por um acaso o Panda aparece e ele é escolhido.

Esses lutadores que tanto se prepa-raram se revoltam, afinal eles haviam se prepa-rado e o Panda não parece preparado. Gostei de mostrar a nossa pretensão de acharmos que sabemos quem é realmente o mais preparado. Nesse momento empresarial, onde os julgamentos são às vezes superficiais, esquecem outros valores. O Panda amava o kung fu, era fã desses lutadores, sabia tudo deles e de todas as tradições, tinha uma grande admiração e respeito pelas tradições. Mas todos só viam o aparente despreparo. Bonitinho como aos poucos o Panda vai conquistando os lutadores. Me encantei com essa animação! Entrou para a lista das minhas preferidas.


Youtube: Kung Fu Panda Trailer



Beijos,

Pedrita

8 comentários:

  1. Já foi o tempo em que os filmes de animação eram feitos somente para crianças. Hoje os pais se divertem bastante e também se emocionam, assistindo esses filmes juntamente com seus filhos.Nunca o cinema de animação foi tão prestigiado e concorrido. Um abraço, Armando.

    ResponderExcluir
  2. Oi Pedrita!
    meu marido e meu filho assistiram juntos ontem à noite (eu não sou fã de animações). Eles acharam as piadas muito previsíveis....ficaram meio decepcionados.
    Bj

    ResponderExcluir
  3. Oi Pedrita.

    Assisti Kung Fu Panda no cinema com a minha irmã. Ela faz caratê.
    Para falar a verdade eu não estava muito interessada mas confesso que no final atá que me diverti.

    Bjs.
    Elvira

    ResponderExcluir
  4. Eu não queria ir ver este filme, por ser um filme para crianças, mas o Gui (10 anos) tanto insistiu, que eu para lhe fazer a vontade, lá fui.
    Gostei imenso do filme e fartei-me de rir, ainda me ri mais do que o Gui!

    FANTÁSTICO!!!

    PS: Não fui à festa do aniversário do aniversário do Goethe, porque estou desde sexta-feira com febre alta. Só me levantei hoje para ir votar, e dei uma espreitadela no "ematejoca azul"!

    ResponderExcluir
  5. Adoro este filme! Eu vi no cinema e fiquei fã do Panda! :)

    Aqui eu tenho um bonequinho do louva Deus e do Panda, ambos bridnes de lanchonete!

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Que lindo! Eu ia ver ontem, mas tive que sair. Não faltará oportunidade de assistir no Telecine.

    ResponderExcluir
  7. armando, não sei se deixamos de ser crianças.

    la socière, eu gostei muito do roteiro. a questão é q kung fu panda não é muito comédia como o marketing vendeu.

    marion, o louva deus é lindo mesmo.

    ana maria,hj, segunda, costuma passar perto das 20h.

    ResponderExcluir
  8. Olá Pedrita!
    A magia que os meios tecnoçogicos proporcionaram ao cinema tem-se revelado no sentido mais positivo no cinema para os mais pequenos, que cada vez mais atrai os adultos. "Kung Fu Panda" é um bom exemplo disso mesmo.
    Beijinhos
    Paula e Rui Lima

    ResponderExcluir

Bons comentários!