quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Tropa de Elite 2

Assisti Tropa de Elite 2 - O Inimigo Agora é Outro (2010) de José Padilha no Telecine Pipoca. Uma hora eu ia ver esse filme, não tinha pressa, nem tinha vontade de ver nos cinemas. É muito bom! Gostei porque atinge um público grande, que gosta de filmes ágeis e acaba tocando em questões importantes como o interesse político nos conflitos policiais em comunidades. Que bom que não estamos mais na ditadura porque esse filme nem poderia ser realizado que dirá exibido.

Dessa vez o Capitão Nascimento, interpretado brilhantemente pelo Wagner Moura, está por baixo. Ele trabalha em um presídio, começa uma rebelião, estão praticamente resolvendo quando, contrário as ordens dele, um policial do Bope ataca. O Capitão Nascimento acaba indo para a Secretaria de Segurança e é essa mudança que faz ele conhecer mais a fundo o sistema político, não só o policial. Ele também está com problemas pessoais que se misturam aos profissionais, ele se separou, sua mulher casou de novo com seu rival, o homem dos direitos humanos. Seu filho acaba abraçando as causas do padrasto e discordando do trabalho do pai. Tropa de Elite 2 é muito bem realizado e como sempre com ótimo elenco. 


O rival é interpretado por outro ótimo ator, Irandhir Santos. Quem trabalha com o Capitão Nascimento na Secretaria de Segurança Pública é o ótimo ator Emílio Orciollo Neto. Há várias referências a casos reais no Brasíl. Tainá Müller, interpreta uma jornalista que mesmo com provas resolve investigar mais e correr mais riscos e morre, como aconteceu com Tim Lopes. André Mattos tem um jornal na TV muito similar ao Balanço Geral. O próprio homem de direitos humanos se refere a casos reais. Continuam no elenco os ótimos atores Milhem Cortaz, Maria Ribeiro, André Ramiro e Seu Jorge. Outros do elenco são: Sandro Rocha, Adriano Garib, André Van Held, Dudu Nobre e William Vita. O texto do Tropa de Elite 1 no blog está aqui.



Beijos,
Pedrita


8 comentários:

  1. EU VI, mas confesso não gosto deste tipo d efilme. embora reconheça que ele é bem feito, bom roteiro etc, alias seu comentario é brilhante,
    mas não gosto do tema.
    pois é fotografei na mesma semana duas mulheres que veem de historias fortes!

    ResponderExcluir
  2. Tropa de Elite 2 é o filme brasileiro de que mais gostei. Acho que o caminho do cinema brasileiro é bem por aí. Um roteiro excelente que compense o trabalho do telescpectador de sair de casa e enfrentar o trânsito para ir ao cinema.

    ResponderExcluir
  3. Confesso que não vi Tropa. Sou meio desconfiada desde Cidade de Deus, filme horrível que nunca mais pretendo ver, então esses com temas de violência eu fujo, apesar da aclamamação nunca vi nenhm dos 2.

    ResponderExcluir
  4. fatima, tb não é meu gênero de filme preferido.

    enaldo, acho q o brasil precisa continuar fazendo filmes maravilhosos e variados como tem feito. focar em um único gênero e tema não vai mostrar a nossa diversidade e nem nossa cultura como um todo. e só pelos comentários. aqui vc é o único q prefere esse gênero de filme. nós outras 3 preferimos outro.

    ruby, eu vejo na tv a cabo. tb não tenho essa preferência por esse gênero. mas são bons filmes.

    ResponderExcluir
  5. Pedrita, acredita que nao consegui assistir a esse filme? Nao consigo mais ver esse tipo de filme.

    Bjao querida

    ResponderExcluir
  6. Pedrita, eu falei de roteiro excelente, não disse que precisa ser atrelado a um tipo específico de tema, um roteiro excelente pode tratar de qualquer variedade cultural, e também não disse que que tipo de filme prefiro, o meu blog trata predominantemente de dramas e, além do mais, por que ser minoria desqualificaria a minha opinião?

    Um abraço e não quis aborrecê-la.

    ResponderExcluir
  7. georgia, eu vejo esses na tv a cabo.

    tudo bem enaldo, roteiro bom como a maioria dos filmes brasileiros recentes.

    ResponderExcluir
  8. Eu confesso que ainda não tive coragem de ver nem o 1 e nem o 2. Não estou no momento. Quem sabe um dia...
    Denise

    ResponderExcluir

Bons comentários!