segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

O Estranho Caso de Angélica

Assisti O Estranho Caso de Angélica (2010) de Manoel de Oliveira no Max. Há anos queria ver um filme desse diretor português tão famoso. Fiquei muito feliz quando vi que o Max ia passar um. É poético e lindo! Um fotógrafo é procurado de madrugada para tirar uma foto de uma morta, a bela Angélica. Enquanto ele tira fotos, no visor da câmera, ela sorri pra ele. Ele fica obcecado por ela. O roteiro é do diretor e foi escrito em 1947. O Estranho Caso de Angélica é uma co-produção entre Portugal, Brasil, França e EspanhaNa produção está o brasileiro Leon Cakoff. 

Nosso protagonista é Ricardo Trêpa, neto do diretor. A bela Angélica é interpretada pela Pilar López de Ayala. Uma atriz brasileira está no elenco, Ana Maria Magalhães. Alguns outros do elenco são: Luis Miguel Cintra, José Manuel Mendes, Susana Sá, Adelaide Teixeira. A belíssima trilha sonora é interpretada pela maravilhosa pianista portuguesa Maria João Pires, entre as melhores do mundo, que tive o prazer de ver em um concerto ao vivo e falei dela aqui. A Galeria Olido está com uma mostra desse cineasta até o dia 23 de fevereiro, os ingressos custam somente R$ 1,00.

Beijos,
Pedrita

7 comentários:

  1. Um grande benefício de viver em cidades como São Paulo que eu vejo são estas mostras de qualidade e praticamente gratuitas.

    ResponderExcluir
  2. delicia! respondi seu comentario la no blog.
    adoro ler seus comentarios dos entretendimentos culturais...

    ResponderExcluir
  3. Esse filme voce viu na tv ne? Eu estava falando isso, como gostaria de ter esses canais e que esse filme deve ser lindo e muito bom, poetico e tal. Sumiu meu comentario. Meu computador esta meio gripado. Esta dando uns tremiliques superrr estranhos. Espero que nao seja virus.
    Bjao

    ResponderExcluir
  4. Eu não vi ainda esse filme, mas o que é característico de facto na sua obra é a poesia da imagem e na forma de rodar a estória, por norma o desenrolar é sempre lento o que faz um grande contraponto aos filmes norte americanos que são acelerados.
    O neto é quase omnipresente em todas as suas obras mais recentes.

    ResponderExcluir
  5. Também quero ver "O Estranho Caso de Angélica", porque o Manoel de Oliveira, além de ter nascido na minha cidade, é um dos meus realizadores preferidos.

    O neto também interpreta o papel do rei Sebastião no filme "O Quinto Império" Ontem como Hoje, do qual tenho o DVD e, que também aconselho a ver.

    Düsseldorf, Helau!!!

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito das imagens do filme. Nao conheco o filme.


    Pedrita, libera essas letrinhas. Muitos blogs que eu visito e que usam esse sistema, nao estao usando no momento, porque é muito dificil, um horror, a gente tenta, tenta, e tenta e a gente desiste depois de 3 vezes amiga. Use o sistema de liberar os comentarios.

    Bjao

    ResponderExcluir
  7. enaldo, são paulo tem muita opção cultural. mas esse filme eu vi na tv a cabo.

    fatima, obrigada.

    geocrusoe, eu fiquei bem feliz de finalmente conseguir ver um filme desse diretor.

    ematejoca, eu queria muito conhecer alguma obra do manoel de oliveira. espero conseguir ver outras.

    georgia, já faz um tempo q estou tentando desconfigurar as letrinhas, achava inclusive q tinha conseguido fazê-lo. vou tentar de novo.

    ResponderExcluir

Bons comentários!