quarta-feira, 25 de julho de 2012

The Reckoning

Assisti The Reckoning (2003) de Paul McGuigan no Telecine Touch. Tive que olhar nos créditos, atores, diretores e sinopses porque no Brasil está com o péssimo nome de Um Crime de Paixão. Essa palavra Reckoning tem muito mais a ver, em português a tradução melhor é Cômputo que significa Cálculo que permite contar o tempo para usos eclesiásticos. Já vi vários filmes com nomes parecidos ou iguais a Crime de Paixão e esse nome não tem nada a ver com o filme, se não fosse eu olhar quem está no elenco, sinopse, não teria me interessado. Paul McGuigan é escocês e o filme é uma co-produção entre Inglaterra e Espanha. O 007 também gostou do filme.

Paul Bettany interpreta um ex-padre. É a época do obscurantismo, na época medieval, em regimes feudais. Época de muita violência, desinformação e poder. Também é a época de uma insuportável ligação entre igreja e governo. Esse ex-padre foge, encontra um grupo de atores mambembes e se junta a eles. Esse grupo vai atrás de festas religiosas em feudos, daí o nome do filme, e encenam trechos da Bíblia. Eles mal conseguem dinheiro em uma cidade que está mais interessada na morte de mais uma criança. Eles resolvem então entrevistar os moradores e fazer uma encenação da morte da criança. Enquanto encenam, os moradores revoltados, vão negando a versão do grupo e começa a aparecer histórias bem mais sórdidas. O líder desse grupo de teatro é interpretado pelo ótimo Williem Dafoe. O texto do filme é incrível, todo dúbio, inteligente, muito bom. O texto é do inglês Barry Unsworth, especializado em livros de ficção com conteúdo histórico. Estão ainda outros ótimos atores, alguns são: Simon McBurney, Brian Cox, Gina McKee, Vincent Cassel, Elvira Minguez e Matthew Macfadyen.

Beijos,
Pedrita


5 comentários:

  1. Pedrita! Percebi que faz tempo que não visito seu blog, mas hoje aproveitei para ler vários posts e já estou me sentindo mais informada ( e mais culta he he ) Muita coisa boa por aqui, gostei muito do clarinetista e do trailer do filme de Tolstoi. Reckoning também parece interessante, mas não é meu tipo de filme não. Você é uma blogueira dez! Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Pedrita esse filme parece interessante..época medieval, padres, essas histórias me encantam. Bjs. Sandra

    ResponderExcluir
  3. anamaria, andava sentindo a sua falta. acho q vai gostar do filme do tolstoi e esse clarinetista chama a atenção mesmo pela qualidade de sua interpretação.

    sandra, acho q vai gostar.

    ResponderExcluir
  4. nem me fala, obscurantismo religioso, intolerância, violência, assassinatos em nome da fé. assustador.

    ResponderExcluir

Bons comentários!