quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Millennium: Os Homens Que Não Amavam as Mulheres

Assisti Millennium: Os Homens Que Não Amavam as Mulheres (2011) de David Fincher na HBO. O 007 já vinha falando faz tempo para eu ver esse filme. Aí liguei pra ele assim que vi e ele queria saber qual versão. Eu vi o americano. o primeiro é sueco. A série Millennium foi escrita pelo sueco Sieg Larsson. São três livros e já existem os três filmes suecos, americano só esse. O primeiro livro tem exatamente subtítulo parecido com o do filme no Brasil, Os Homens que Odeiam as Mulheres. Nos Estados Unidos mudaram o título. Há os filmes suecos e uma série para televisão. O 007 deixou vários recados para colocar no blog, ele adorou as duas atrizes que fazem a Lisbeth. A que vi é a Rooney Mara, realmente ela está incrível e esse personagem é incrível. O filme todo é incrível.

O 007 preferiu muito mais o Daniel Craig no papel do Mikael, como eu não vi o filme sueco não tenho como comparar. Mas esse ator está incrível nesse filme e o 007 tem razão, desglamurizaram ele. A trama é toda complexa , muito complexa e a série Millennium é bastante violenta e triste. Daniel Craig interpreta um jornalista, ele antecipa dados de uma matéria investigativa, o acusado dá um jeito de prejudicá-lo e manchar a reputação e a imagem dele. Ele trabalha na revista Millennium e é aconselhado a tirar umas férias. Nesse meio tempo surge um homem que o contrata para que ele escrever uma biografia da família dele. Um homem rico da Suécia e ele vai para a Suécia.

Na verdade a biografia é uma fachada para a família porque esse homem deseja saber informações sobre o desaparecimento de uma parente, uma moça de 16 anos, que desapareceu há 40 anos. A família é toda dilacerada, há vários nazistas. Há várias casas no terreno, praticamente cada um mora sozinho em uma delas. O nazista pode ainda falar com uma mas não falar com esse homem rico, mas essa uma fala com o homem rico. É uma teia complexa de relacionamentos e maus relacionamentos. É uma trama intrincada, difícil, bem realizada, com ótimo elenco. Millennium fala de vários temas, nazismo claro, intolerância, preconceito. Surpreendetemente a mulher mais andrógina, que poderia ser uma vilã, tem um caráter muito maior que os homens de pureza da raça, bem vestidos, com belas casas e socialmente impecáveis. Essa ironia é o que mais gostei no filme. Esse homem rico é interpretado pelo Christopher Plummer. Alguns outros do elenco são Stellan Skarsgard, Steven Berkoff, Robin Wright, Yorick van Wageningen, Joely Richardson, Geraldine James, Donald Sumpter e Julian Sands. Os Homens Que Não Amavam as Mulheres ganhou Oscar de Melhor Edição.



Beijos,
Pedrita

12 comentários:

  1. Boa tarde Pedrita!!

    Ainda não vi esse filme, mas está em minha lista, talvez até leia o livro...

    Em reposta ao comentário: sabe, morei 12 anos sozinha, e como você também não fazia a cama, pensava que meu calor ficava em minha roupa de cama e a via como meu ninho!!!

    Eu te entendo!!!

    Bjins em seu coração

    FLYRoBrasileira

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem? Raramente assisto filme na TV. Só em cinema mesmo...Nesse sábado, vou assistir AMOR. Estou com ótima expectativa. Bjs, Fabio www.fabiotv.zip.net

    ResponderExcluir
  3. Eu já assisti esse filme, o sueco e já li o livro. Comprei o segundo livro da trilogia Millenium e li a biografia do Stieg Larrsons. O filme sueco é mais forte. O americano é mais americanizado...rsrs... A cena do estupro nos dois filmes eu não consigo ver. Muito mais forte no sueco! Mas amei o livro. Prefiro até. Tanto que já tive oportunidade de ver a série sueca com os três livros e não assisti antes de le-los.
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  4. Não vou com a cara desse Daniel Craig.
    Big Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá.
    Estou seguindo seu blog.
    Acabei de incluir o link no meu Seguidores de Blogs (http://seguidoresdeblogs.blogspot.com.br/2013/01/mata-hari-e-007.html), nos faça uma visita assim que possível.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  6. Pedrita, tudo bem?

    Eu gostei muito mais do filme sueco. Apesar que o americano fez tb muito bem, mas olha a atriz sueca e seus atores deram um banho.
    Até porque o local foi magnifico.

    Nao sei se no Brasil vai passar o filme original isto é, o sueco, mas se passar nao deixe de ver porque é excelente.

    Eu li os 3 livros e assisti os 3 filmes. Muito bom mesmo.

    Dê noticias querida, escreve um email, tá?

    Ando meio encolhida por causa da neve...


    Bjos

    ResponderExcluir
  7. roseli, eu fiquei com vontade de ler o livro. o 007 comprou os livros.

    fabio, quero muito assistir amor, tenho acompanhado os elogios, mas não sei se estou preparada pra ver agora. tb gosto de ver os filmes no cinema. só não vejo mais pq os ingressos são salgados demais.

    adriana, quero ver a versão sueca. vc e o 007 teriam muito o q conversar sobre essas obras.

    lulu, eu e o 007 gostamos demais do daniel craig.

    valter. obrigada,

    georgia, o 007 comprou os livros e disse q em um canal q tenho passa o sueco. ainda não descobri se a série ou os filmes. estou de olho para assistir. o 007 prefere o daniel craig ao ator sueco. mas ele adora as duas q fazem lisbeth.

    ResponderExcluir
  8. Oi Pedrita.
    Eu não vi nenhum dos filmes: nem o americano e nem o sueco. No início não fiquei muito empolgada, seus comentários me fizeram pensar um pouco melhor.
    Li toda a trilogia. Adorei!
    Bjs.
    Elvira

    ResponderExcluir
  9. Adorei esse filme. tanto o sueco quanto o americano. Mas como li os tres livros, achei que o sueco deu uma misturada nos tres de uma vez como se nao fosse fazer a trilogia toda... Tb gostei masi do 007 no papel de Mikael, mas personagem ne? Mais gente, mais tridimensional... Bjos!

    ResponderExcluir
  10. elvira, se gostou da trilogia vai gostar dos filmes.

    camille, eu vou ver os outros.

    ResponderExcluir
  11. cOMECEI A LER O LIVRO, MAS NÃO SEI PORQUE NÃO CONSEGUI IR ALÉM DO SEGUNDO CAPITULO.

    ResponderExcluir
  12. fatima, tenho uma certa curiosidade em ler o livro. mas acabo tento tantos outros na frente q nem sei se o livro chegarei a ler.

    ResponderExcluir

Bons comentários!