domingo, 20 de janeiro de 2013

Potiche

Assisti Potiche (2010) de François Ozon no Max. A Adriana Balreira que me falou desse filme, primeiro nos comentários, depois no blog dela. Eu adoro François Ozon, mas só descobri que esse filme é dirigido por ele um pouco antes em um comercial do Max, que fala de outros filmes desse diretor que estão na programação e quero ver. Potiche é um filme muito inteligente, como são os filmes de François Ozon, é feminista e político. E também fala muito de hipocrisia.

Catherine Deneuve é uma rica esposa em 1977, parece que nada vê. Seu marido, um homem intransigente e destemperado cuida da fábrica que foi do pai da esposa. Ele destrata a esposa como se fosse superior, mas ele só é diretor da empresa porque se casou com ela. A filha a acusa de ser um efeite de decoração. Em uma dessas crises do marido em uma greve, ele vai fazer exames e ela assume a fábrica do pai. Vamos vendo então que essa mulher não era a boba que todos pensavam. Outra questão que gostei muito é que ela não é tão perfeita como todos achavam. Ela também tinha os seus pecadilhos. Outro fator interessante em Potiche é que ela é julgada pelo ex-amante de forma machista também.

Catherine Deneuve está incrível. Todos estão ótimos, como o excelente Gerárd Depardieu. O marido estressado é interpretado por Fabrice Luchini. Os filhos por Judith Godrèche e Jerémi Renier. A secretária por Karin Viard. Adorei!
Beijos,.
Pedrita

10 comentários:

  1. Oi Pedrita.

    Acabei adianto ir ao cinema para ver esse filme acabei perdendo. Fiquei morrendo de vontade de ver.
    A história parece ser bem interessante. Também gosto bastante da Catherine Deneuve.

    Bjs.
    Elvira

    ResponderExcluir
  2. Oi,
    Ontem mesmo assisti novamente ao filme. Acho muito engraçado. E a Catherine está lindissima como sempre! Que bom que gostou!
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  3. Gosto muito de Depardieu como ator, mas como pessoa ele é intragável.

    Bjos e boa semana (dê noticias...)

    ResponderExcluir
  4. Catherine Deneuve é divaaaaaa.
    Big beijos

    ResponderExcluir
  5. oi td bom? Fiquei curiosa p ver!! bjo

    ResponderExcluir
  6. Assisti esse filme Pedrita, e é tudo isso mesmo que você falou. Não gostei muito dos cenários e nem da Catherine Deneuve cantando. Fica meio fora de esquadro a cantoria. Mas o cenário condiz com a época... VocÊ vendo sempre tudo de bom. Que otimo!!!
    Bjos

    ResponderExcluir
  7. Boa tarde Pedrita!
    passo para agradecer a visita e dizer que fico contente em ter algo em comum com uma pessoa que super admiro!!

    Bjins

    FLYRoBrasileira

    ResponderExcluir
  8. elvira, esses filmes ficam muito pouco tempo em cartaz e só nos cinemas de um único bairro em sampa. vc vai gostar.

    adriana, além de engraçado é muito inteligente. obrigada pela indicação.

    georgia, engolir o depardieu só nos filmes mesmo.

    lulu, ela está incrível.

    ana paulino, vc vai gostar.

    camille, eu gosto dessa brincadeira kitsch do diretor. ele usa o canto de forma pejorativa e é isso q tanto gosto.

    roseli, realmente temos gostos em comum. bom compartilhar com vc os meus posts.

    ResponderExcluir
  9. Consegui ver na época em que estava no cinema. Muito bom mesmo!

    Também sempre esqueço que o filme é desse diretor.

    ResponderExcluir

Bons comentários!