sábado, 11 de janeiro de 2014

Senhorita Júlia de August Strindberg

Terminei de ler Senhorita Júlia (1888) de August Strindberg da Global Editora. É o texto da famosa peça que aborda poder, diferença de classes. O envolvimento entre a filha de um nobre com um serviçal. E não por amor. Comprei dessa edição da capa pela internet no Extra. A tradução é de Edla va Steen. As ilustrações são de Cláudia Scatamacchia. Eu acho esse texto fascinante, o jogo entre os dois, mas não um jogo de afeto, e sim um jogo de poder. Os personagens são incríveis. É um texto bem pesado. Confesso que acho estranho essa peça ser juvenil. O livro é da Coleção Teatro Jovem. Acho o texto bem pesado. Eu assisti uma montagem dessa peça em 2012 e comentei aqui.

Um vídeo escolhido é de um filme, o outro de uma peça sobre esse texto.
Beijos,
Pedrita

6 comentários:

  1. Eu não conheço. E não entendi se você gostou ou não.
    Te respondi lá no meu blog...
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fatima, eu tinha esquecido de colocar que adoro esse texto.

      Excluir
  2. Nunca li nada de Stindberg e reconheço que tenho lido poucas peças de teatro, sem dúvida um mundo a explorar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. carlos, nossa, eu tinha quase certeza q vc já teria lido ou visto alguma montagem. vc vai gostar. é muito bom.

      Excluir
  3. Oi, Pedrita,

    Li algo sobre a peça é vi que instigante e faz refletir. Também acho fascinante os jogos de pode decorrentes de coisas como as diferenças de classe, rsrs.

    Beijo e boa semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. marly, volte e meia aparece algum montagem com esse texto. eu gosto muito.

      Excluir

Bons comentários!