quarta-feira, 27 de agosto de 2014

O Inocente de Ian McEwan

Terminei de ler O Inocente (1990) de Ian McEwan da Companhia das Letras. Eu estava comprando um livro em um sebo no Estante Virtual e o aquele sebo avisou que se eu totalizasse R$ 100,00 não ia pagar o frete. Fui nas minhas listas e fiquei procurando livros que me interessassem nesse sebo. Esse eu localizei indo por autores que adoro. E é simplesmente maravilhoso! Está entre os melhores livros que já li. Esse escritor entrou para a lista dos meus preferidos. O primeiro que li e está entre os melhores livros que já li foi Reparação que amei o filme Desejo e Reparação também.

Obra Casal Dormindo de Willi Sittie

Nosso protagonista é inglês, muito jovem, chega em Berlim, em 1955, em plena Guerra Fria para instalar escutas em linhas telefônicas russas. Em vários momentos achei o protagonista mais bobo que inocente. Ele conhece uma bela mulher russa. Parece um livro sobre espiões, mas surpreende tanto, dá tanta reviravolta que fiquei muito impactada. É um livro fortíssimo, dificílimo de ler em vários momentos. Na desilusão lembrou Reparação. Acontecimentos que nos atropelam e transformam de forma irreversível nossas vidas, sem possibilidade de reparação. Absolutamente incrível.

Obra Movimento nas Praças (1961) de Bridget Riley

Ian McEwan pesquisou sistemas de escuta nesse período, houve mesmo o túnel que o protagonista trabalha e existiu realmente algumas pessoas. O túnel também foi descoberto na época mencionada no livro, mas a história central onde está inserido O Inocente é toda ficcional.
Há um filme desse livro que quero ver.

O primeiro pintor é alemão e da época da Guerra Fria. A segunda pintora é inglesa como o autor. O vídeo escolhi entre as músicas que o casal menciona no livro e que estavam na moda na época.



Beijos,
Pedrita

9 comentários:

  1. Dele li "Amesterdão" gostei muito e "Solar" diverti-me imenso e recomendo, (ser profissional de ambiente no setor público permite conhecer não só os extremismos de um lado, como a desvalorização do outro e os oportunismos de ambos).
    Tenho sentido sempre um humor refinado mesmo nas coisas tristes na escrita de McEwan, não sei se será este caso. Não li o "Expiação" como em Portugal se chamou o "Reparação".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. carlos, amsterdã é o que menos gosto. gosto mais dos livros extensos dele. solar tenho aqui. beijos, pedrita

      Excluir
  2. Li quase toda a obra deste autor.

    Acabei de ler MEL, o seu último romance.

    Os meus preferidos são: SATURDAY e Expiação.

    O INOCENTE foi um dos primeiros romances que li de Ian McEwan.
    Gostei do filme com excelentes actores ~ a não perder, Pedrita!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ematejoca, eu criei que passarei a ler vários pq passei a adorar esse autor. saturday não li. expiação, aqui como reparação é maravilhoso.

      Excluir
  3. Olá, tudo bem? Assisti Getúlio no cinema. É muito raro acompanhar filme na TV. Eu gostei muito!!! Sobre a questão do UOL: há 10 anos tenho esse endereço. Não posso sair e migrar para o blogspot. Complicado... Bjs, Fabio www.fabiotv.zip.net

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fabio, qd quis ver nos cinemas só estava em um horário à noite. eu tive muito tempo no uol com blog. mas eles não ligam nada por isso.

      Excluir



  4. Cheguei até aqui através de amigos comuns.

    Foi muito bom ter encontrado seu blog ao qual voltarei sempre!

    Também, estou lhe convidando para conhecer alguns dos meus blogues cujas temáticas são humor, narrativas de vida e amor.

    Amor que transcende,enaltece, valoriza e encanta a vida de cada um de nós.


    Confira: e ficaria honrado com sua presença e quem sabe seguir-me:

    FALANDO SÉRIO.
    http://ptamburro.blogspot.com.br/

    FRAGMENTOS DO ACASO
    http://paulotamburrosexo.blogspot.com.br


    HUMOR EM TEXTOS
    http://paulotamburro.blogspot.com.br/


    Se quiser conhecer todos os meus blogs, basta clicar, no meu nome, neste comentário, lá em cima ao lado da chave que espero lhe abra todas as portas.

    Um abração carioca

    ResponderExcluir
  5. Pedrita, eu adoro JOSE LINS DO REGO. Li muita coisa da literatura dele.Ate andei relendo Pedra Bonita, e tenho vontade de reler Mãe D'água, achei num sebo o livro custando 120 reais, mas não pude compra-lo..
    .

    ResponderExcluir
  6. fatima, eu vi em um sebo alguns dele. estou amando riacho doce.

    ResponderExcluir

Bons comentários!