domingo, 7 de dezembro de 2014

Hoje

Assisti Hoje (2011) de Tata Amaral no Megapix. Estava zapeando e dei de cara com esse filme começando. Sempre quis ver, tentei inclusive ver nos cinemas. É absolutamente incrível. É baseado no livro Prova Contrária de Fernando Bonassi. É um dia na vida de uma mulher interpretada brilhantemente por Denise Fraga. Ela chega toda feliz em um apartamento vazio e comemora. Logo chega a mudança com dois carregadores.

No meio da mudança aparece um homem que ela conhece muito e eles passam a conversar. Vou falar detalhes do filme: Logo eu já desconfiei do que estava acontecendo, mas volte e meia ficava na dúvida se era mesmo o que estava pensando. Fiquei curiosa em saber se o público tem a mesma sensação. Esse homem é interpretado por César Troncoso. Hoje é ambientado nos dias de hoje. Ela foi uma mulher que teve o marido desaparecido na ditadura. Hoje é um filme muito triste. A culpa que a atormenta, a impede de seguir a vida. Ela até tenta, mas volte e meia se consome pelos atos do passado. Hoje fala muito da dificuldade de ser feliz após erros do passado. Como o livro Reparação do Ian McEwan. Erros perdoáveis, mas com resultados imperdoáveis. Uma dor tão profunda e tão sem volta, dificílimo de seguir em frente.

Os atores que fazem a mudança são interpretados por João Baldasserini e Pedro Abdull. A moradora do prédio por Lorena Lobato. Cláudia Assunção faz uma pequena participação. A bela trilha sonora é de Lívio Trachtenberg. Hoje ganhou vários prêmios como Melhor Filme no Festival de Brasília, Melhor Atriz para Denise Fraga, Melhor Fotografia, Melhor Roteiro, Melhor Direção de Arte e Prêmio da Crítica. E APCA de Melhor Atriz para Denise Fraga



Beijos,
Pedrita

14 comentários:

  1. Pedrita,
    não conhecia esse livro e nem o filme. Mas é assim mesmo, os errros do passado nos prende de tal forma... Acho que o ser humano devia se perdoar mais para poder seguir adiante. Mas muito dificil mesmo... Deve ser bom esse filme! Boa dica
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. adriana, difícil perdoar algo tão sério.

      Excluir
  2. Olá, Pedrita!
    Essa Denise Fraga faz qualquer tipo de personagem. Ela é excelente atriz.
    Ótimo dia pra você.
    Big beijos
    Lulu on the Sky

    ResponderExcluir
  3. Foi ela quem entregou o marido para os agentes da Ditadura?

    ResponderExcluir
  4. Gosto muito dessa atriz, mas não tinha ouvido falar no filme. Deve ser muito interessante, mas fiquei com medo de descobrir o que ela fez para ter tanto sofrimento. Principalmente sabendo que ela errou na época da ditadura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é difícil saber realmente.

      Excluir
    2. Ela entregou o marido porque não resistiu às torturas. Isso é dito no filme. Acredito que muitas pessoas que foram torturadas não resistiram e falaram, basta ver os relatos da Comissão Nacional Da Verdade. No filme, além da culpa, ainda havia a dúvida se ele estava vivo ou morto, uma vez que ninguém foi responsabilizado pela sua morte. Não tinha corpo ou atestado de óbito. Um verdadeiro pesadelo. A Tata Amaral mostra muito bem nesse filme, o desespero que as famílias dos desaparecidos políticos viviam. Exatamente como no caso mostrado nesse link: http://brasil.elpais.com/brasil/2014/12/14/politica/1418512276_473792.html

      ResponderExcluir

      Excluir
  5. Tenha curiosidade em conferir, gostei da sinopse.

    Bjos

    ResponderExcluir
  6. Quero assistir! Tem um ótimo elenco. Durante uma época, eu via muitos filmes sobre esse tema. Atualmente ando assistindo coisas mais leves, mas mesmo assim fiquei bem interessada.

    ResponderExcluir
  7. Denise Fraga é ótima em tudo que faz.
    Mas, continuo sem gostar de filmes nacionais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. liliane, esse vc não viu. então não dá pra saber se gostaria ou não.

      Excluir

Bons comentários!