quinta-feira, 31 de março de 2016

A Pele de Vênus

Assisti A Pele de Vênus (2013) de Roman Polanski no TelecinePlay. É baseada na peça do austríaco Leopold von Sacher-Masoch. Pelo texto dessa peça de 1870 e pelo nome do autor é que foi nomeado o termo sadomasoquismo. O diretor atualizou.

Começa no teatro, o diretor intepretado pelo incrível Mathieu Amalric reclama que até aquele momento não apareceu uma única atriz que se encaixe no personagem e ele está indo embora. Chega então uma mulher, vestida como uma prostituta dizendo que veio ao teste. Ela é interpretada pela talentosa e lindíssima Emmanuelle Seigner, esposa do diretor. Ele não quer, quer ir embora, mas ela insiste que comprou o vestido em um brechó, que veio lendo o texto no caminho. E as surpresas vão aparecendo. Como ela teria todo o texto? Quem forneceu a ela.


Ela sobe ao palco, coloca o vestido, tira as lágrimas e de repente se transforma em uma mulher do tempo antigo. Impressionante! Ela insiste que o diretor faça o outro personagem e eles começam. O que seria o teste passa a ser a peça. Os dois estão maravilhosos. É incrível como o filme é sensual, quente, sem ter um toque, um beijo. O texto é absolutamente surpreendente! Uma aula de teatro, como vão transformando o palco na peça com apenas alguns artifícios, como a imaginação é mágica. Gostei muito. Roman Polanski ganhou César de Melhor Diretor por esse filme.


Beijos,
Pedrita

11 comentários:

  1. Conheço o realizador, mas nunca vi este filme, aliás nos últimos anos tenho assistido a poucos filmes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um filme e um livro a não perder, Carlos.

      Excluir
    2. carlos, eu tenho tv a cabo e é o q mais consigo ver. é só ir e escolher. então vejo mais filmes q qq outra atividade. até pq posso ver filmes mais acessíveis, q não precisam pensar. enquanto ler preciso estar descansada e concentrada. esse filme é muito bom. o livro deve ser tb.

      Excluir
  2. Em 2013, assisti ao magnífico filme "A Pele de Vénus" de Roman Polanski; uns anos antes li o livro do austríaco Leopold von Sacher-Masoch, do qual também gostei.

    Beijinhos cinéfilos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ematejoca, quero ler o livro. o filme é incrível e uma aula de teatro.

      Excluir
  3. Uma ótima dica Pedrita, esse vai para a minha lista, sou amante de filmes, independente do gênero!
    Teve uma época que eu só assistia terror e suspense, apesar de gostar de todos os gêneros.

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. andréa, eu tb amo independente do gênero. suspense eu procuro muito qd preciso escapar da minha realidade que nesse último ano anda muito pesada.

      Excluir
  4. Deve ser bem envolvente esse filme.
    Bom final de semana!
    Big Beijos
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
  5. Passei o final de semana resolvendo broncas no Condominio e no computador.
    O computador continua com problema.
    estou usando um notebook que comprei fora daqui e nao tem acentos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. liliane, que ruim que seu computador não resolveu. eu tive muitos eventos no fim de semana. não vi um único filme. mas li bastante nos transportes.

      Excluir

Bons comentários!