sábado, 19 de março de 2016

Quarteto Camargo Guarnieri

Fui ao concerto do Quarteto Camargo Guarnieri na Caixa Cultural São Paulo. Que belíssima apresentação. Gosto demais desses músicos que são excelentes. E que repertório. Eles interpretaram Borodin e Dvorak. O quarteto é formado por Elisa Fukuda Ricardo Takahashi nos violinos, Silvio Catto na viola e Joel de Souza, no violoncelo. Borodin era russo e Dvorak tcheco. Joel de Souza falou sobre o programa, disse que os dois compositores eram românticos. Que a obra de Borodin o compositor fez para a esposa que acabou de casar. Muito bonita. Já a de Dvorak ele tinha ido ao Novo Mundo, a América do Norte e tinha ficado impactado com tanta terra, tanta natureza. Que o primeiro movimento refletia o que tinha ouvido dos índios, concordo com ele, parecia filme de western, amei. O segundo movimento era inspirado nos spirituals que ouviu nas plantações. O terceiro refletia o som de um pássaro que viu por lá. E o último o som do trem que viajou. Lindíssima obra. Foi depois dessa que o compositor fez a Sinfonia do Novo Mundo que eu já ouvi e é igualmente belíssima. Adorei o concerto, as explicações e tudo de graça. Maravilha! Vão ter ainda apresentações sábado e domingo.
A bela foto é de Charles Brooks
O vídeo é com obra de outro compositor.

Beijos,
Pedrita

13 comentários:

  1. Que bom empregar o tempo em coisas culturais, de muito bom gosto. Bom fim de semana, Pedrita.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ruby, é o q adoro fazer. igualmente ruby.

      Excluir
  2. Pedrita, aprendo com vc.
    Mas, as vezes penso que nunca vou aprender a gostar e entender este estilo de música.

    ResponderExcluir
  3. Hello Pedrita!
    Eu adoraria ir a esse tipo de concerto, uma grande riqueza
    esse quarteto!

    Beijos ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. andréa, tb adoro esse gênero de evento.

      Excluir
  4. Oi Pedrita,
    Nunca assisti um concerto sabia? Quem sabe um dia vá.
    Adorei a sua dica de muso da semana, se tiver outras me avise.
    boa semana!
    Big Beijos
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
  5. Tempos atrás eu ia muito a concertos, recitais. Tem bastante que não tenho ido. Sinto falta. É muito bom. Me lembrei do Humoresque, do Dvorak. Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Este recital deve ser mesmo muito lindo! Eu já conhecia Dvorak, Borodin, não.

    Beijoca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. marly, conheço pouco de borodin. e gostei bastante das obras.

      Excluir
  7. aiaiai, acabei trocando as bolas, queria dizer 'concerto' e escrevi 'recital', agora que vi, rsrs.

    ResponderExcluir

Bons comentários!