terça-feira, 22 de março de 2016

Teorema Zero

Assisti Teorema Zero (2013) de Terry Gilliam no TelecinePlay. Um dia desses eu vi uma chamada desse filme no Telecine e alucinei, quando vi que era do Terry Gilliam com o maravilhoso Christoph Waltz, enlouqueci novamente. E finalmente vi o filme disponível no TelecinePlay. O roteiro é de Path Rushin. E que deleite e que genialidade, quanta loucura. Gênio!

E para o que serve tanta loucura? Por que gostei tanto se o final é incompreensível? Essa é a genialidade do filme. No surreal, no fantástico, escancarar nossas loucuras, os dias de hoje. Todos querem ter, querem possuir. Trabalham em seus cubículos, em games, sem se comunicarem. Vão a festas, mas não interagem, cada um com seu fone de ouvido, seu celular em mundos paralelos. E possuir pra que se nada é real? A moça que ele conhece é interpretada por Melánie Thierry.

O protagonista quer autorização para trabalhar em casa porque aguarda um telefonema. Esse é um dos segredos do filme e esse é revelado. Ele consegue a autorização e a casa dele ganha inúmeras câmeras para ser vigiado incessantemente. Tudo é vigiado, o tempo todo querem que eles comprem algo. Os cenários são fantásticos nos dois sentidos da palavra. Em um determinado momento as paisagens lembraram muito a artificialidade do extinto Second Life.

David Thewlis está no elenco. Tilda Swinton é a psicóloga virtual. O garoto é interpretado por Lucas Hedges. Ainda no elenco: Gwendoline Christie, Ben Whishaw, Peter Stormare, Lily Cole e Sanjeev Bhaskar.


Matt Damon faz uma pequena participação, é o dono da empresa, patrão do protagonista. Teorema Zero ganhou prêmio especial no Festival de Veneza para filmes futuristas.


Beijos,
Pedrita

16 comentários:

  1. Puxa, deve ter sido interessante.
    Pelos atores.
    Mas, não sou fã de filmes confusos.
    Aqui tem câmeras que nos monitoram e realmente a gente nem lembra que elas existem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. liliane, eu pensei assistindo q vc não ia gostar.

      Excluir
  2. O que é esse DESKTOP que vc vive colocando e eu não consigo entender o que é.

    ResponderExcluir
  3. Eu nunca ouvi falar desse filme, mas pela sua empolgação deve ser o máximo! E fiquei com vontade de ver. Será que está no Netflix?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fatima, é o máximo!!! o pouco que conheci uma vez do netflix achei muito limitado o acervo. mas faz muitos anos. pode ter mudado.

      Excluir
  4. Eu não sei colocar isso(Desktop) Pedrita.
    Nem sei para que lado vai.
    Observe que meu blog é liso.

    Ontem comecei a ler "Admirável mundo novo". Chatíssimo.

    ResponderExcluir
  5. Gosto das loucuras de Terry Gilliam, mas ainda não assisti este filme.

    Bjos

    ResponderExcluir
  6. Gente do céu! Que filme fantasioso. Não sei se eu gostaria de assistir. Ou melhor, entender o filme...rsrs...
    Beijos e feliz páscoa
    Adriana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. adriana, eu adoro filmes fantásticos, surreais. se vc gosta, vai amar. se não, acho que não.

      Excluir
  7. Olá Pedrita!
    Esse filme eu ainda não conhecia, valeu pela preciosa
    dica. Mais um que vai p/ a minha lista!

    Bjs ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. andréa, eu só passei a conhecer de uma chamada no canal.

      Excluir
  8. Não conhecia gostei muito da resenha
    Beijinhos
    http://michelimartins2929.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Deve ser interessante esse filme. Recomendo os batons matte da avon
    Big beijos
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. lulu, é muito interessante mesmo. obrigada lulu, vou tentar comprar um.

      Excluir

Bons comentários!