sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Les Revenants

Assisti a série Les Revenants (2012) de Fabrice Gobert no Mais Globosat. Eu vi no Now pelo controle remoto. São 8 episódios. A série é baseada no filme francês de mesmo nome. Eu procurava uma série para ver. Já tinha visto tudo o que está disponível da Game of Thrones. Fiquei olhando o que tinha, adoro esse gênero, de filme de fantasminha e descobri uma incrível série. Vi muito rapidamente, tal a minha curiosidade.

Começa com um ônibus indo para uma excursão e cai em uma ribanceira. Anos depois, a menina que morreu no acidente sai da ribanceira com a mesma roupa, perfeita, e volta para a casa. Aos poucos outros vão voltando. É muito interessante porque ela tem uma irmã gêmea. Quando vai viajar ela e a irmã são iguais, interpretadas pela mesma atriz, Yara Pilartz. Quando ela volta a irmã está adulta, agora interpretada por Jenna Thiamcomo, mas ela continua uma adolescente. Lindas as meninas que fazem essas irmãs, aparece inclusive elas crianças e a menina é igualmente linda interpretada por Alma Arnal.
 Lindinho demais o ator que faz o Victor, Swann Nambotin. Ele interpreta com um olhar frio, assustador. Há momentos tensos, e ele não mexe um músculo. Está incrível. Ele se aproxima de uma personagem, é linda a história dos dois, ela é interpretada por Céline Sallete. Incrível porque mostram a personagem no passado, sexy, altiva, segura. Agora é uma mulher encurvada, silenciosa. 

Todas as histórias são complexas, cheias de segredos. Simon é interpretado por Pierre Perrier. A bela Adèle por Clotilde Hesme. Assustador o personagem do policial que vigia Adèle sem ela saber, interpretado por Sami Guesmi. Eu teria medo dele, não do morto que apareceu. E uma graça a menina que faz a filha de Adèle, interpretada por Brune Martin.

Muitos atores conhecidos aparecem como Guillaume Gouix que faz o Serge, irmão de Toni e com uma história tenebrosa. Toni é interpretado por Grégory Gadebois. Outro ator conhecido é Frédéric Pierrot. Ana Giardot intepreta Lucy que acaba costurando muitas histórias. Vi que tem uma segunda temporada, mas não está no Now. Tenho olhado no Mais Globosat, mas por enquanto não vi na programação. Quero muito ver! Também quero ver o filme que originou a série. A abertura é linda, a trilha sonora é linda. Les Revenants ganhou Emmy Internacional de Melhor Drama em 2013.

Beijos,
Pedrita

12 comentários:

  1. Olá Pedrita
    Eu ameeei essa indicação, não conhecia, amooo muito filmes com fantasmas <3
    E esse tem personagens complexos, interessantes e uma história instigante bem alinhavada como vc disse.
    Já vou procurar :)
    Bjs e excelente fds pra ti
    Luli Café com Leitura na Rede


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. luli, tb não conhecia. os personagens são muito, mas muito complexos. é psicologicamente incrível.

      Excluir
  2. Essa está na minha lista. Ultimamente ando preguiçosa, faz tempo que não assisto a uma série completa.

    ResponderExcluir
  3. Oi Pedrita,
    Que história mais interessante.
    Big Beijos
    blog Lulu on the sky

    ResponderExcluir
  4. Hello, Pedrita!
    Eu não conhecia essa série, amei a resenha.
    Obrigada por mais essa dica mara!
    Ontem me lembrei de vc na hora que eu estava assistindo o 44ª edição do Festival de Cinema.

    Beijinhos ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. andréa, eu tb não conhecia. é incrível e acho que é do gênero q vc gosta como eu. mas ainda é psicológico. eu vi alguns trechos do festival de cinema. concorriam alguns filmes que gostei demais.

      Excluir
  5. Olá, Pedrita.
    Não conhecia a série, mas fiquei interessado por causa da premissa e dos personagens complexos. Adoro personagens bem trabalhados.
    Ótima dica.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de setembro. Serão três vencedores, cada um ganhando dois livros.

    ResponderExcluir
  6. Eu estava procurando uma oportunidade para dar uma olhada nessa série (ando meio sem tempo). O tema dela é recorrente e já foi explorado até pelo 'nosso' Érico Veríssimo no livro Incidente em Antares (que li na adolescência).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. marly, é um tema bem recorrente realmente. o texto é muito bom.

      Excluir

Bons comentários!