sábado, 17 de dezembro de 2016

Natimorto

Assisti Natimorto (2009) de Paulo Machline no Arte 1. Eu vi que esse filme estava na programação, coloquei pra gravar. Gosto dos textos metafóricos do Lourenço Mutarelli que também atua no filme. Foi elogiadíssimo pela crítica, ansiava por ver. Gostei!

Eu adoro a Simone Spoladore, entre minhas atrizes preferidas. Um homem vai buscá-la na rodoviária e a leva para um hotel. Ele diz que não quer voltar pra casa e pede para ficar. Eles passam então a conviver nesse quarto. Eles fumam um maço de cigarros por dia. Ele olha aquelas fotos de advertências dos maços e faz paralelos com cartas de tarô. Qual é a carta dele do dia, qual a carta dela. 

O quarto vira um microcosmo de uma relação. O encantamento inicial, tudo é lindo do outro, engraçado. Depois as desavenças, a luta pela liberdade. Eles lembram o primeiro encontro e a esposa desse homem (Bettty Goffman).

Beijos,
Pedrita

8 comentários:

  1. Oi, Pedrita,

    Gostei do que li, já fiquei imaginando que o encontro desses dois simbolize as várias fases dos relacionamentos entre as pessoas de um casal. Vou ver se consigo ver este filme.

    Beijoca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. marly, é bom. mas não tanto quanto disseram.

      Excluir
  2. Natimorto e os cigarros. O que foi? A criança nasceu morta?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. liliane, eles pegam as figuras dos maços e associam com o tarô. claro que a foto do natimorto teve associação tb.

      Excluir
  3. Hello, Pedrita!
    Eu adoro o Arte 1, principalmente quando passa documentários.
    Pela resenha parece ser um ótimo filme, obrigada por mais
    essa dica. Logo vou tirar férias, vou ler bons livros e assistir filmes, estou precisando!

    Beijinhos ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. andréa. é um ótimo canal. aproveite suas férias. eu já vou trabalhar bastante esses dias.

      Excluir
  4. Olá Pedrita
    Não gostei do livro, a peça de teatro não assisti, não gostei do filme :/
    Personagens sem nome, transtorno obsessivo, claustrofóbico e depressivo.
    E ainda tem aquela relação dos cigarros com as cartas de tarô :/
    Mas eu adoro a Simone Spoladore!
    Bjs Luli
    Café com Leitura na Rede

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. luli, eu me incomodei com o filme até pq tinha uma expectativa alta já que elogiavam muito. até gostei, mas está longe de ter adorado.

      Excluir

Bons comentários!