domingo, 18 de dezembro de 2016

Festival Osvaldo Lacerda

Assisti ao Festival Osvaldo Lacerda no Sesc Vila Mariana promovido pela pianista Eudóxia de Barros. Foi um belíssimo recital! Inicialmente ela tocou piano solo. A primeira obra foi Berceuse de um gato que morreu (minidrama) – homenagem ao “Docinho de Côco”. A pianista contou que Osvaldo Lacerda fez essa música para o gato deles que foi sequestrado. Depois interpretou o Acalanto Singelo, a Suíte Miniatura, a Brasiliana nº 9 e o Estudo nº 12 que foi dedicado especialmente a Eudóxia de Barros.


Em seguida a pianista tocou com oboísta Gilson Barbosa. Primeiro ele tocou Improviso para oboé solo e depois Variações sobre Carneirinho, Carneirão.

Por último a mezzo-soprano Denise de Freitas interpretou com a pianista lindíssimas canções de Osvaldo Lacerda. O repertório é encontrado no CD Lembrança de Amor que é lindo e comentei aqui. Lindos os poemas de Olavo Bilac, Guilherme de Almeida, Vicente de Carvalho e Manuel Bandeira

Segue a lista completa das canções: 

Quando entardece (texto de Vicente de Carvalho)
Porque (texto de Guilherme de Almeida)
Martírio (texto de Junqueira Freire)
Lamentação  da hora perdida (texto de Rossine Camargo Guarnieri)
Conselhos de amor (textos de diversos autores extraídos do livro “Mil Quadrinhas Brasileiras de Amor e Saudade” selecionadas por Pandiá Pându)
Prece e Contrição ( texto de Gregório de Mattos)
A maldição (texto de Olavo Bilac)
Ladainha (texto de Cassiano Ricardo)
Lembrança de amor (texto de Vicente de Carvalho)
 Cinco haikais de Guilherme de Almeida
Descrente do amor (textos de diversos autores extraídos do livro “Mil Quadrinhas Brasileiras de Amor e Saudade” selecionadas por Pandiá Pându)
Rotação (texto de Cassiano Ricardo)
Cantiga n* 1 (texto de Manuel Bandeira)
O menino doente (texto de Manuel Bandeira)
Desafio (texto folclórico)

Beijos,
Pedrita

8 comentários:

  1. Olá, Pedrita,

    Este festival deve ter sido lindo. O trabalho do Osvaldo Lacerda me pareceu ter algo de afetuoso e até lúdico!

    Beijoca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. marly, era um compositor muito talentoso, mas muito espirituoso e sensível.

      Excluir
  2. Não conheço.
    Mas se fez em homenagem aos gatos deve ser lindo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. liliane, a música é triste do meio para ao fim, mas acho q ia gostar.

      Excluir
  3. Que maravilha de recital querida Pedrita, só pelo relato, fotos e vídeos com certeza foi maravilhoso!
    Beijinhos ♥

    ResponderExcluir

Bons comentários!