quinta-feira, 5 de março de 2009

Trair e Coçar, é Só Começar

Assisti Trair e Coçar, é Só Começar (2006) de Moacyr Góes no Telecine Pipoca. Ontem eu estava no espírito certo para ver esse filme. Muito acalorada, cansada, queria ver algo leve, desprentensioso e divertido. E gostei! Outra vez que tentei ver e larguei no início. O texto de Marcos Caruso é ótimo! Mesmo não sendo a melhor montagem, é engraçado o filme. Em alguns momentos podia ser hilariante, mas perde um pouco o tempo da comédia e fica só engraçado. Adriana Esteves não parece ser a melhor Olímpia, mas é divertida! Eu, como muitos, já vi esse espetáculo no teatro há muitos anos. E foi bárbaro! Esse espetáculo está em cartaz com várias montagens diferentes desde 1986 e já levou ao teatro mais de 481.008 espectadores.

É a empregada Olímpia que faz todas as confusões, ela no início já tem que guardar vários segredos, que a patroa viajou, mas não viajou, que vai fazer um jantar. Ela já começa a se contradizer com essas mentiras, que só vão se avolumando na trama. O que menos gostei é o final. É quando toda a confusão é esclarecida. Fizeram os esclarecimentos picados, editados, todos na varanda, falando só pedaços, no meio de barulho, e perdeu muito do ápice do espetáculo teatral. Eu sei que no cinema menos é mais, mas para o grande público, acho que ficou meio confuso e menos engraçado, não funcionou.

O elenco é bárbaro! Gosto muito do Cássio Gabus Mendes e da Bianca Byington que fazem o casal principal. Sou saudosa do ótimo ator Mário Schoemberger. E recentemente passei a gostar do trabalho da Mônica Martelli que formam o segundo casal. Os outros atores também são ótimos: Ailton Graça, Márcia Cabrita, Otávio Muller, Cristina Pereira, Thiago Fragoso, Leandro Firmino, Fabiana Karla e Lívia Rossy.

Gostei muito do final com os créditos. Usaram um recurso ótimo de animações, colocaram os atores dançando, é divertido ver cada um mais engraçado que o outro.
Youtube: Trair e Coçar é só começar-parte01



Beijos,

Pedrita

6 comentários:

  1. Eu assisti esse filme, mas já nem me lembro mais. Acho que vou vê-lo de novo! Beijo grande!

    ResponderExcluir
  2. Mais um...que não verei....
    O cinema brasileiro é muito pouco divulgado em Portugal.
    Não tendo Fernanda Montenegro....não chega cá.

    ResponderExcluir
  3. Pedrita eu me lembro de quando ela era peca tatral isso há uns 15 anos atrás.

    Deve ser muito bom.

    Bjus

    ResponderExcluir
  4. Olá Pedrita!Muito divertido! Obrigada por partilhares connosco.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  5. Acho que não assisti porque não gosto da Adriana Esteves.
    Denise

    ResponderExcluir
  6. se vier para a Bahia, Salvador vou ver,
    gosto de dar risadas!

    ResponderExcluir

Bons comentários!