sexta-feira, 3 de abril de 2009

Um Crime de Mestre

Assisti Um Crime de Mestre (2007) de Gregory Hoblit na HBO Plus. Sempre tive curiosidade de ver esse filme quando vi na programação da HBO porque tem o Anthony Hopkins e é suspense. Gostei e me surpreendi muito. O texto é muito bom, baseado na história de Daniel Pyne. Começa com o personagem do Anthony Hopkins vendo a distância a traição de sua mulher. Ele volta pra casa, ela chega um tempo depois e ele atira nela. Ele é preso, começa então um julgamento. Ele não quer uma defesa, ele diz que ele mesmo vai se defender. E um jovem e ambicioso rapaz fica na acusação.

O acusado parece jogar com as pessoas. E o jovem advogado parece menosprezar a causa. Como se fosse mais uma e quer se livrar logo porque vai mudar para um escritório de advocacia da moda. O rapaz é muito competitivo e abusa um pouco de recursos baixos para se tornar o maior advogado da empresa que trabalhava. Todos os casos que ele achava que perderia, ele passa pra outro advogado, ficando assim o advogado de mais causas ganhas do escritório.


O interessante em Um Crime de Mestre é que muito do que é feito é dentro da regra da competitividade dos dias de hoje. Mas será que são ações honestas? Um Crime de Mestre fala muito de ética, humanidade, profissionalismo, etc. É um bom filme para se ver em grupo e debater. Talvez um grupo muito competitivo só ache errado o rapaz ter menosprezado a última causa, mas não veja nada demais ele ter dado um jeitinho em ser o melhor na empresa que estava para ganhar visibilidade. Afinal, a crise que todos nós passamos hoje é porque muitos quiseram que suas empresas tivessem alta lucratividade e usaram recursos de especulação e excesso de riscos para atingir o objetivo. Onde o objetivo é muito mais importante que o respeito ao próximo, que a dignidade e muitas vezes que a ética. Gostei muito do rapaz que faz o advogado interpretado por Ryan Gosling e pela bela advogada interpretada pela Rosamund Pike. Ainda estão no elenco: David Strathairn, Billy Burke e Embeth Davidtz. A trilha sonora foi composta por Mychael Danna.

Música do post: 01 - Mychael Danna _ DeVotchKa - The Winner Is



Beijos,

Pedrita

5 comentários:

  1. tambem gostei deste filme..
    o assassino sai ileso, ne?

    ResponderExcluir
  2. Vi este filme há já bastante tempo.
    Gostei e é cheio de suspense, mas que me lembre o assassino não sai ileso. Vou ver outra vez em DVD para confirmar.

    ResponderExcluir
  3. Já vi este filme 2 vezes. A trama é muito bem construída e gostei da montagem.
    Denise

    ResponderExcluir
  4. Pedrita, tem uns 2 meses que assistimos esse filme aqui tb. Eu gostei demais, pois vi ele cair e se levantar e o final foi muito bom.

    Bjus e bom domingo

    ResponderExcluir
  5. Olá, Pedrita
    Gostei muito do seu blog! Muito interessante! E necessário.

    Bem, Anthony Hopkins é meu ator favorito, de maneira que estou sempre propensa a gostar de filme do qual ele participa. Este que você comenta, por exemplo, vi três vezes seguidas...rsrsrs...

    Um abraço

    ResponderExcluir

Bons comentários!