segunda-feira, 13 de setembro de 2010

A Zona Morta

Terminei de ler A Zona Morta (1979) de Stephen King. Gosto muito dos filmes que são adaptados dos livros desse autor, achei que deveria ler um de seus livros para conhecer e comprei esse novo de uma loja virtual, é da editora Objetiva. Incrível A Zona Morta. Um livro difícil, não porque seja um livro de terror, eu gosto de histórias de terror, mas das possibilidades reais do livro, das maldades e das loucuras dos seres humanos. Stephen King me lembrou muito Charles Bukowski. Há algumas diferenças, Bukowski fala muito do seu universo, Stephen King amplia a visão e ainda inclui a paranormalidade. Mas os dois tem um olhar pessimista da sociedade, menosprezam os seres humanos e fazem críticas ferozes ao estilo americano. Stephen King ainda critica muito crenças, religiões e política.
Obra Slayer de Mark Ryden

Vou falar detalhes do livro: No início demorei um pouco pra engatar a leitura, a história se arrastava um pouco. Até nosso protagonista sofrer um acidente e entrar em coma demora um pouco. Depois ele fica em coma por um tempo, só depois que ele acorda é que volta a ficar eletrizante. Ele já advinhava as coisas desde um acidente na infância, mas depois do coma suas previsões intensificam. O que gostei é que ele não se sente confortável em advinhar e se isola da sociedade, até gosta quando o chamam de charlatão e as cartas param de chegar. Com esse clima mórbido, Stephen King faz altas críticas a políticos, a sociedade e as religiões. É uma obra indigesta!

Há um filme do David Cronenberg sobre esse livro que ainda não vi de 1983 e outro de 2002.


Obra Twilight I (1978) de Alex Katz

Primeira frase da obra A Zona Morta de Stephen King:





“Na época de sua formatura na universidade, John Smith já tinha esquecido completamente do tombo que levara na neve naquele dia de janeiro de 1953.”


Os dois pintores são americanos como o autor.





From Mata Hari e 007
Beijos,









Pedrita

7 comentários:

  1. Não leria um livro destes. Fico assustada e começo a ter pesadelos.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Sempre tive curiosidade d eleresse autor, gosto dos filmes... vamos ver, mais uma dica cultural anotada pedrita
    Bjo

    ResponderExcluir
  3. Oi querida!
    Sou fã confessa de King (apesar de admitir q ele escreve umas coisas toscas de vez em quando!) e adoroooo este livro! Teve um seriado baseado no livro, The Dead Zone, e também era bem legal, o mocinho da história (John Smith) era super GATO ;)
    Bjks
    Alê

    ResponderExcluir
  4. Oi Pedrita.

    Por enquanto, o único livro do Stephen King que eu li foi " O iluminado". Achei muito bom.
    Ás vezes fico um pouco receiosa em ler esse autor pois confesso: tenho um certo medinho.
    Quem sabe um dia encaro outro.

    Bjs.
    Elvira

    ResponderExcluir
  5. Eu gostava muito desse autor e assisti alguns filmes baseados em seus escritos e confesso que foi a única vez que não me decepcinei com adaptações para o cinema a partir de livros "um sonho de liberdade" me surpreendeu e "The Dead Zone" assisti todas as temporadas (série). Não sabia que tinha um filme. Vou atrás dele. rs
    E esse livro eu ainda não li, mas já tinha visto lá na Cultura, mas como a lista aqui em casa está grande. rs. Está ficando para depois... Até porque no momento, estou mais voltando a outros gêneros.
    Bacio carissima

    ResponderExcluir
  6. marion, esse assusta realmente.

    gammelo, eu tb tinha vontade, fiquei feliz de ter realizado.

    la socière, eu reparei que tinha algo recente baseado nesse livro. adorei esse.

    elvira, o iluminado é outro q tenho vontade de ler.

    lunna, eu queria conhecer. eu comprei em 2008, tb demorei pra começar a ler.

    ResponderExcluir
  7. Eu tremo nas bases com este autor. Nunca li nada dele, mas assisti um filme que nao sei o nome e o filme me deixou super assustada. Mas tb bem real e se pensarmos bem ele tem um fundo de verdade em vista ao mal que nos ronda no dia a dia sem que o percebamos.

    Bjao

    ResponderExcluir

Bons comentários!