sábado, 15 de novembro de 2014

Mundos Opostos

Assisti Mundos Opostos (2012) de Juan Solanas no Telecine Premium. Vi por um acaso, estava começando, a sinopse não me agradou, mas por ser um filme de ficção científica, resolvi assistir. O diretor argentino é também quem escreve o roteiro. É razoável. É um filme romântico sobre duas pessoas que vivem em mundos opostos. Não dá para um se mudar para o outro lado. Além de proibido tecnicamente é impossível.

Quando crianças os dois acabam se conhecendo na floresta. Mas se desencontram. A discussão melhor do filme é sobre o preconceito. Tudo de ruim que acontece no mundo de cima é atribuído ao mundo de baixo. Quem vive no mundo de cima vive melhor, tem melhores condições. No mundo debaixo tudo é sujo, precário e sem condições. Mas a crueldade no mundo de cima também existe. Como em muitas empresas, os mais velhos são descartados só porque ficaram mais velhos. Todos de cima acham que os debaixo são feios. Esse debate ao preconceito é o mais interessante no filme.

Mundos Opostos é um pouco arrastado, tem algumas questões românticas um pouco fracas, algumas teorias científicas não se sustentam. Se alguém debaixo usar pesos para virar ao contrário vai se aquecer, queimar mesmo. Uma vez o rapaz logo queima, mas da outra vez horas depois é que começa a queimar. Adoro a Kirsten Dunst, o personagem não exige muito dela, seu par romântico é interpretado por Jim Sturges. Alguns outros do elenco são: Timothy Spall, Blu Mankuma e James Kidnie

Beijos,
Pedrita

12 comentários:

  1. Não conhecia o filme.

    Pelo seu texto, a premissa é melhor que o filme.

    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hugo, não sei pq a premissa é fraca. o pano de fundo é q é melhor q o filme.

      Excluir
  2. Não é meu estilo.
    Descartei assim que vi.
    As vezes começo um filme e durmo.
    No dia seguinte, demoro a lembrar o nome, para tentar rever.

    ResponderExcluir
  3. Sou muito de escolher pelo gênero, e ficção não é um dos que me agrada, mas acredito que um filme pode ser bom independente do gênero,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ruby, tb escolho bastante por gênero e ficção científica é um dos meus preferidos.

      Excluir
  4. Mesmo a história não se sustentando tanto na questão do romance e da ciência, fiquei curiosa para assistir ao filme.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista. São 6 livros para escolher, kit de marcadores e 3 ganhadores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tenho a mesma questão, alguém pode detonar o filme, o q não foi esse o caso, e eu continuar querendo ver.

      Excluir
  5. Pedrita, que roteiro estrambólico. Não deu vontade assistir não. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. patry, é um filme romântico. pode ser q vc goste.

      Excluir

Bons comentários!