sábado, 20 de junho de 2015

Visitando Sr. Green

Assisti a peça Visitando Sr. Green no Teatro Jaraguá. Eu perdi esse espetáculo quando protagonizavam Cássio Scapin e Paulo Autran. Nunca me conformei. Cássio Scapin que dirige esse baseado no livro de Jeff Baron. Dessa vez é com o maravilhoso Sergio Mamberti e fiquei encantada com a atuação de Ricardo Gelli.

Começa com Sergio Mamberti em um apartamento cheio de tralhas. Ele recebe a visita de um rapaz que disse que foi ele que quase o atropelou e que foi exigido pelo juiz que ele precisa ir lá uma vez por semana ver se o senhor precisa de alguma coisa. São hilários esses momentos. Tudo o que um senhor quer é sossego e o que menos quer é a interferência e visita de um estranho. A identificação nesses momentos é total.

Visitando Sr. Green é um texto sobre tolerância, preconceito. Gostei muito do texto que não faz o senhor mudar completamente os seus pensamentos, ele só passa a aceitar o diferente, mas não que ele concorde. Texto incrivelmente atual, infelizmente. A peça emociona muito. Adorei o cenário de Chris e Nilton Aizner. A iluminação é de Wagner Freire. Visitando Sr. Green fica em cartaz até 19 de junho.

As fotos são de Ale Catan

Beijos,
Pedrita

8 comentários:

  1. Eu assisti a primeira versão, que tinha uma belíssima interpretação de Paulo Autran.

    Até a forma de andar do personagem era peculiar.

    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hugo, queria muito ter visto a com o paulo autran.

      Excluir
  2. Eu bem que gostaria de assisitir a esta peça!

    Beijo e boa noite

    ResponderExcluir
  3. Adoro o Sergio Mamberti. Esse outro ator não conhecia. Deve ser mesmo uma boa peça!
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. adriana, tb gosto muito do mamberti. igualmente não conhecia o outro ator.

      Excluir
  4. É uma história muito atual e que deveria se passar em qualquer cidade, Pedrita.
    A solidão do idoso, é atual sempre.
    Não poderia ser aqui, porque nunca essa justiça de má qualidade que temos, daria um pena dessa para um delito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. liliane, o texto é muito atual mesmo.

      Excluir

Bons comentários!