sexta-feira, 3 de junho de 2016

O Jogo da Imitação

Assisti O Jogo da Imitação (2014) de Mortem Tyldum no HBO On Demand. Eu vi uma matéria no jornal impresso elogiando esse filme, lembrei que tinha visto o poster no Now e fui procurar. Gostei demais! Jovens que não entendem a função da matemática deveriam ver. Lembro de um professor que me fisgou na matéria usando o quadro todo com tudo o que aprendemos que 2 + 2 não era 4. Fascinada passei a amar a matéria. O filme é baseado no livro do matemático Andrew Hodgers sobre o matemático inglês Alan Turing.

Estamos na Segunda Guerra Mundial. Alan Turing se candidata a um emprego para decifrar a máquina alemã de códigos Enigma. Antissocial, ultra inteligente, acaba tendo problemas com a equipe. Mas ele começa a desenvolver uma máquina que decifre os códigos da Enigma, considerada indecifrável. Diariamente os alemães mudavam os códigos e o trabalho zerava, com uma máquina tudo se revolveria. Ele passa anos na construção e sofrendo todo o tipo de pressão. Sem falar que há um espião no grupo e o exército está de olho em todos eles.

Essa máquina ficou conhecida como o início do computador. É fascinante o raciocínio. Alan Turing diz que quem tentar ajudar no processo precisa ser bom em palavras cruzadas. O ator está incrível, Benedict Cumberbatch, porque ele precisa colocar no personagem todo o retraimento do Turing, o andar estranho, a dificuldade de falar, de se relacionar. Turing após construir a máquina é condenado por ser homossexual e para não ser preso aceita fazer a castração química. Um ano após a castração química e todos os efeitos colaterais do remédio ele se suicida.
Ainda no elenco estão: Mark Strong, Matthew Goode, Rory Kinnear, Allen Leech, Matthew Beard, Jack Bannon, Alex Lawther e Charles Dance. O Jogo da Imitação ganhou Oscar de Melhor Adaptação.

Beijos,
Pedrita

12 comentários:

  1. Um dos melhores filmes de 2014.

    Alan Turing regressa a este mundo pela interpretação de Benedict Cumberbatch.

    A castração química de Alan Turing foi um crime.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o filme é realmente bom. e horror dos horrores a castração química. bom, o que diziam que castrava.

      Excluir
  2. Amei esse filme, o ator está muito bom mesmo. E que loucura isso de darem remédios só por ser homossexual.
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. adriana, o filme é fascinante principalmente na parte da matemática que adoro. loucura o que diziam ser uma castração química.

      Excluir
  3. Pedrita,
    Esse filme é muito bom mesmo, assisti e amei!

    Beijinhos, ótimo fds! ♥

    ResponderExcluir
  4. É um ótimo filme, com uma história complexo e um personagem principal brilhante e excêntrico.

    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Não sei porque não terminei de vê esse filme.
    Passou num dos canais da Sky.
    Vi que tinha 2 atores que trabalharam em Downton Abbey.
    Mas, ainda posso vê, quem sabe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. liliane, precisa mesmo disposição e atenção. interessante que logo no começo o narrador fala isso.

      Excluir
  6. Filme excelente, ator realmente incrível!!!!!

    ResponderExcluir

Bons comentários!