quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Black Mass

Assisti Black Mass (2015) de Scott Cooper na HBO On Demand. Estava curiosa pra ver esse filme. Tinha visto matérias quando estreou nos cinemas. É a história de um dos grandes criminosos dos Estados Unidos, James Whitey Bulger. No Brasil está com o péssimo nome de Aliança do Crime.


Johnny Deep está praticamente irreconhecível como Whitey Bulger. Achei fotos do Bulger e a caracterização está muito parecida. O filme mostra presos dando depoimentos e contando a história dele. Segue então para a década de 70. Bulger está com problemas com a máfia italiana que vem ocupando pontos que eram de exclusividade do grupo de Bulger. Surge então um amigo de infância que trabalha no FBI sugerindo que Bulger passe informações da máfia para o FBI. Bulger acaba aceitando já que o 
FBI resolveria por ele o problema com a máfia e ele ampliaria território. O FBI exige que no acordo o grupo de Bulger não deve mate nem vender drogas. Bulger continua fazendo tudo isso e ainda vai cozinhando o FBI não passando informações.

Quando ele é pressionado pelo FBI ele entrega o local central da máfia italiana. Esse foi o motivo que esse criminoso passou anos atuando na região e nunca ser preso, nem seu bando. Essa aliança. Chega então um oficial que não concorda com o acordo, passa a perseguir Bulger e encontrar provas para incriminá-lo.

Bulger fica foragido anos, é preso somente em 2011 com 81 anos. Pega prisão perpétua onde está atualmente. Seu irmão era senador e foi interpretado por Benedict Cumberbatch. O amigo que está no FBI por Joel Edgerton. Todos estão excelentes. Outros do elenco são: Rory Chrocane, Peter Sarsgaard, Dakota Johanson, Kevin Bacon, Jessie Plemons, David Harbour, Adam Scott, June Temple e Corey Stoll.

O filme é baseado no livro Black Mass: The True Story of an Unholy Alliance Between the FBI and the Irish Mob de Dick Lehr e Gerard O'Neill. Em uma matéria que li falam que é a mais próxima da realidade. Essa matéria discordava de uns pontos. Um eu concordo. Me incomodou no filme alegar que a morte do filho e a morte da mãe é que o transformou e ficou mais violento. Desde o início Bulger já era violento. O fato dele não ter mais vínculos familiares pode tê-lo enrijecido mais, feito ele perder mais contato com a humanização. Mas ele sempre foi violento. Pelo o que o próprio filme mostra, pelo próprio contexto em que vivia. Em bairro de alta criminalidade. Mas isso nada justifica também, quem é violento, é violento. Bulger sempre fui muito brilhante, muito inteligente, fator que sempre o manteve no poder também.

Black Mass é muito bem realizado. Difícil de assistir, muitas tramas, muitos personagens, precisa muita atenção, mas é muito bom.
Beijos,
Pedrita

20 comentários:

  1. Hello, Pedrita!
    Aliança do Crime é bem pesado, apesar que ainda não assisti, mas não gostei do nome que deram ao filme. Pela resenha é um filme que prende a gente, quero assistir!

    Beijinhos ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. andréa, é bem violento, mas muito bom.

      Excluir
  2. Mesmo não sendo tão bom quanto, lembra um pouco "Os Bons Companheiros" de Scorsese.

    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hugo, não acho nada parecido com os bons companheiros até pq embora tenha um grupo da máfia italiana mal aparecem.

      Excluir
  3. Mesmo não gostando do assunto, costumo assistir a este tipo de filme porque ele retrata algumas situações da vida real.

    Beijo e bom fim de semana

    ResponderExcluir
  4. Olá, Pedrita.
    Não iria assistir a Black Mass, mas você fez com que eu mudasse de opinião. A premissa é boa demais para eu desprezar.
    Sendo baseado em um caso real, melhor ainda.
    Ótima dica.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de novembro. Serão dois vencedores, dividindo 3 livros.

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem? Eu assisti Histeria no TUCA. É um ótimo espetáculo. Scapin vive uma excelente fase. Também assisti ao filme Uma Noite em Sampa. Muito bom! Acompanharei a peça Selfie no Teatro Renaissance neste fim de semana. Bjs, Fabio www.tvfabio.zip.net

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fabio, é verdade, histeria estreou no tuca.

      Excluir
  6. Olá Pedrita!
    Ainda não assisti esse filme, mas é um dos que estão na minha listinha.
    Deve ser excelente e com ótimas atuações.
    O Johnny Deep está mesmo irreconhecível, e eu amooo Benedict Cumberbatch <3
    Bjs Luli
    Café com Leitura na Rede

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. luli, tb amo o benedict e o personagem dele é muito bom. difícil personagem.

      Excluir
  7. A atuação de Johnny está maravilhosa nesse filme. As cenas de luta revelam uma certa crueza, ficou orgânico, real, daqueles coisas que você veria numa rua. Recomendo!
    Beijos
    www.vivendolaforanoseua.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. gisley, concordo. as cenas são violentas e cruas. muito bem realizadas.

      Excluir
  8. Irreconhecível mesmo, Johnny Deep.
    Gosto muito de Kevin Bacon. Muito mesmo.
    Sim, também acho que já se nasce violento. Vc vai lapidando isso com a vida. Para melhor ou pior.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. liliane, realmente a frieza pode até aumentar com o tempo. mas acho que nasce sensível ou não.

      Excluir

Bons comentários!