sexta-feira, 11 de março de 2016

Eles Não Usam Black Tie

Assisti Eles Não Usam Black Tie (1981) de Leon Hirszman na TV Brasil. Foi no facebook que vi que esse filme ia passar no canal. Na programação do canal aparecia só o nome do quadro, não o nome do filme, coloquei pra gravar sem ter certeza que entendi o dia certo, chequei no dia seguinte e era esse filme mesmo. Gostei muito. O texto é de Gianfrancesco Guarnieri que faz o protagonista.

Ele é operário, o filho, interpretado pelo Carlos Alberto Riccelli, também. A mãe pela Fernanda Montenegro e o filho mais novo por Flávio Guarnieri. O pai já foi preso por ter feito greve, não é mais época da Ditadura Militar, mas a polícia não mudou muito.

O filho vai casar corrido porque a namorada engravidou, interpretada pela Bete Mendes, ela também é operária. A mãe dela é interpretada por Lélia Abramo, o pai por Rafael de Carvalho e o irmão por Fernando Ramos da Silva. O futuro pai precisa de dinheiro e é incentivado pelo amigo, interpretado por Anselmo Vasconcellos, a ser espião na fábrica, fica tudo subentendido, o tempo todo ficamos na dúvida se ele realmente dedurou os colegas. E o filho não apoia a greve e fura a greve. 

O melhor amigo do pai é interpretado pelo Milton Gonçalves. O pai acha que as fábricas precisam se organizar melhor, se unir para fazer greve, mas um revolucionário é demitido e incita a greve antes da hora que é um fracasso. Esse revolucionário é interpretado Francisco Milani. Renato Consorte é o dono do bar. Alguns atores negros fazem minúsculas participações e algumas figurações como Gésio Amadeu, João Acaiabe e Aldo Bueno. Fazem pequenas participações ainda Paulo José, Antonio Petrin, Genézio de Barros e Nelson Xavier

Linda e clássica a cena do casal escolhendo feijão, que atores. A música tema é de Adoniran Barbosa. A direção da trilha de Radamés Gnatalli. Eles Não Usam Black Tie ganhou vários prêmios como Leão de Prata no Festival de Veneza. 

Beijos,
Pedrita

10 comentários:

  1. Respostas
    1. ruby, eu brinco q esses filmes são da série "todo mundo viu menos eu".

      Excluir
  2. Este filme é muito bom. E é bom também ver agora agora os atores que estão hoje bem diferentes, rsrs.

    Beijoca

    ResponderExcluir
  3. Esse filme é um clássico do cinema nacional!
    boa semana!
    Big Beijos
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
  4. Pedrita,
    Eu não curto muito filmes nacionais, mas esse é 10, eu gostei!

    Bjs ♥

    ResponderExcluir
  5. Eu vi a peça, quando era estudante secundarista, num Festival que teve por aqui, acho.
    Sim, porque eu não tinha $$ para ir a teatros, principalmente o lindo Teatro Santa Isabel.
    Do filme, não lembro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. liliane, nunca vi esse texto no teatro. aqui em sampa há muitas peças muito em conta, bem menos que cinema.

      Excluir

Bons comentários!