terça-feira, 27 de setembro de 2016

O Lobo Atrás da Porta

Assisti O Lobo Atrás da Porta (2014) de Fernando Coimbra no HBO On Demand. Eu cheguei até a programar o dia e a sessão que ia ver nos cinemas, mas não consegui. Gostei muito, é um excelente suspense, mas não concordo com o nome. Sei que estragaria o suspense se fosse os lobos atrás da porta, mas são dois lobos.

Eu adoro os três atores principais do elenco: Leandra Leal, Milhem Cortaz e Fabíula Nascimento. Começa com a mãe indo buscar a filha na escola e descobre que uma mulher ligou passando-se por ela, dizendo que estava doente e que uma vizinha ia buscá-la. Ela e o marido vão depor na delegacia para tentar achar a filha.

Vou falar detalhes do filme: O personagem do Milhem Cortaz comete uma sucessão de violências com a amante que nem sabia que era amante. Primeiro ele mente que é solteiro, ela descobre da pior forma. Eu acho que cada casal cria os seus próprios códigos. Há casais que tem a relação aberta, mulheres que fingem não saber as traições, casais monogâmicos. Cada parceiro que quebra esse código é adulto o suficiente para arcar com as consequências sem culpar o outro. O protagonista, depois de enganar a moça, fica furioso que ela depois de saber que ele é casado, ela quer conhecer a rival. Foi o marido que expôs a mulher a a filha tendo uma relação extraconjugal. E quando descobre que a amante se aproximou da esposa e da filha com outro nome, espanca violentamente a amante e quase e estupra. Vendo-a chorar muito, ele ainda a ameaça.
Mas a violência desse homem não para aí. Ele deveria proteger a esposa, mas aceita transar sem camisinha acreditando que a moça toma pílulas. Ele deveria proteger a esposa com preservativos de doenças sexualmente transmissíveis e da gravidez e ele é adulto o suficiente para saber disso. Ele aceita muito facilmente não usar preservativos expondo a esposa a alguma doença. Quando a amante diz que está grávida e vai ter o filho, ele também é responsável. E aí ele faz algo tão monstruoso que é assustador. Ele diz que precisa ter certeza porque um exame de farmácia não é certeza, concordo. Leva a moça a um médico. Lá o médico e ele dopam a moça e a violentam, praticando um aborto nela sem o consentimento dela. E ele leva a moça ainda meio dopada, para a porta da casa em que ela morava com a família. Monstruoso. 

Infelizmente essa moça resolve levar a risca o termo olho por olho, dente por dente. Como arrancaram dela e mataram o filho dela dentro da barriga, ela mata a filha dele. Sim, é monstruoso, ainda mais a frieza dela na realização do assassinato. Mas todos sabem que uma mulher que tem um filho, após um parto, tem depressão pós parto. Imagino que após um aborto também. Há uma mudança hormonal muito expressiva. E também ela sofreu uma sucessão de violências. Os dois, ele e ela são monstruosos. Triste essa esposa e essa criança que ficam a mercê da maldade dessas pessoas. Elas são as verdadeiras vítimas dessa história. Espero que a esposa consiga se afastar desse monstro. 

Participam: Tamara Taxman, Juliano Cazarré, Paulo Tiefenthaler, Thalita Carauta e Isabelle Ribas. O Lobo Atrás da Porta ganhou inúmeros prêmios: Prêmio APCA (Associação Paulista dos Críticos de Arte) – Brasil 2014 - Melhor Roteiro. 16º Rencontres du Cinema Sud-Americain de Marseille – França 2014 - Prêmio de Melhor Diretor e Melhor Atriz. Festival de Cine Global Dominicano – República Dominicana 2014 Mejor Ópera Prima (Melhor Primeiro Filme). Festival Internacional de Cine en Guadalajara – México 2014 - Prêmio de Melhor Diretor. Mostra de Cinema Latinoamericano de Cataluña - Espanha 2014 Prêmio de Melhor Diretor e Melhor Atriz. 6° Festival Internacional de Cine de Santander – Espanha 2014 - Mejor Película Selección Oficial Internacional. Festival du Cinema Latino-Americain de Montréal - Canadá 2014 - Melhor Filme. 31st Miami Film Festival – EUA 2014 - Prêmio de Melhor Filme e Melhor Diretor. 15º FESTIVAL DO RIO – Brasil 2013 - Melhor filme de ficção e Melhor Atriz. FESTIVAL LATINOAMERICANO DE HAVANA – Cuba  2013 - Prêmio Coral de Melhor Primeiro Filme. 61º FESTIVAL INTERNACIONAL DE CINEMA DE SAN SEBASTIÁN – Espanha 2013 - Prêmio de Melhor Filme - Horizontes Latinos. Seleção Oficial 38th Toronto International Film Festival - Toronto 2013 - CONTEMPORARY WORLD CINEMA. Seleção Oficial 9th Zurich Film Festival – Suíça 2013. 37ª Mostra Internacional de São Paulo – Brasil 2013. IX Panorama Internacional Coisa de Cinema – Brasil 2013. IV Janela Internacional de Cinema do Recife – Brasil 2013


Beijos,
Pedrita

12 comentários:

  1. É um dos melhores filmes brasileiros dos últimos anos.

    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hugo, é muito bom sim. eu que vejo regularmente filmes brasileiros, são vários excelentes.

      Excluir
  2. Eita! Já ia dizer que não ia gostar porque é nacional, mas o Hugo que entende de cinema diz que é ótimo.
    Vc tem instalado no seu computador filmesonlinegratis.net?
    Eu tentei e não consegui.

    Quando tiver portador vc mandar um pacotão de pipoca(10 pacotes)para vc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. liliane, é muito bom sim. eu não vejo filmes pelo computador.

      Excluir
  3. Deve ser ótimo, o elenco é de primeira.
    big beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá Pedrita
    Esse é um filme que estou curiosa para assistir, foram muitos prêmios não é??
    As atitudes são monstruosas e a exposição a que ele submete esposa e filha é praticamente um homicídio, assim como o que ele praticou com relação ao bebê que a amante estava esperando.
    Acho que pode ser considerado um caso de psicopatia já que não existe emoção ou sentimento envolvidos, não é passional, simplesmente a frieza tomando corpo e forma de crime.
    Grandes atores no elenco.
    Adorei a sua resenha.
    bjs Luli
    Café com Leitura na Rede

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. luli, vc leu em detalhes antes de ver. ah, vai perder a surpresa. vc vai gostar bem do filme então. se gostou da premissa.

      Excluir
  5. Hello, Pedrita!
    Eu não sou muito fã de filmes brasileiros, mas esse eu assisti e gostei muito. Atores que eu amo!

    Beijinhos ♥

    ResponderExcluir
  6. Oi, Pedrita,

    Eu me deparei com este filme já iniciado, então deixei para vê-lo em outra ocasião. A história dele já meio que aconteceu na vida real, num caso que ocorreu no Rio de janeiro (nos anos 60), e foi chamado pela mídia de "A fera da Penha". Sei disso porque pessoas de minha família nos falaram sobre ele. Aqui em Brasília também ocorreu um crime com criança que abalou demais a cidade nos anos 70.

    Beijoca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. marly, exatamente, esse ia ser o nome do filme. mas eu acho uma visão machista responsabilizá-la pelo desfecho. se aconteceu realmente daquela forma, ele é muito violento. dois lobos, duas feras.

      Excluir

Bons comentários!