quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Terapia Sexual

Assisti a peça Terapia Sexual de Beneh Mendes no Teatro Bibi Ferreira. É uma comédia sobre um casal em crise. A esposa faz terapia convencional há anos mas não resolve as dificuldades de seu relacionamento. A psicanalista indica então um terapeuta sexual.

O casal está naquele momento complicado da relação, quando um implica com o outro o tempo todo, critica o outro. Sempre brigando, provocando, apontando defeitos. Não há espaço para o afeto, o amor e em consequência o sexo. Muito delicada a peça e a forma como aborda o tema. Aos poucos o terapeuta vai falando da importância do carinho, de olhar no olho, de ouvir o outro. Na parte sexual fala que tentem descobrir as fantasias um do outro. É bem feita a cena da realização da fantasia. A esposa tenta realizar a fantasia do marido e ainda sem a intimidade retomada, começa bem mas desanda. Só com a volta da cumplicidade, afeto e diálogo é que o relacionamento volta a ser afetivo e a sexualidade retoma. Adoro o ator que interpreta o terapeuta, Beto Nasci, e lindo o texto final quando ele fala que respeito é a base das relações, não só entre casais, mas com a mãe, amigos, no trabalho. Realmente respeito é a chave para os relacionamentos e o quanto está em falta hoje em dia.
Foto de Priscila Rossignoli

Gostei bastante dos atores que interpretam o casal. Ela é Kamilla Bielawski e ele Murilo Cézar. Terapia Sexual fica em cartaz até 29 de outubro.

Foto de Luiggi Francesco

Beijos,
Pedrita

10 comentários:

  1. Oi Pedrita,
    Deve ser bem divertida essa peça.
    big beijos

    ResponderExcluir
  2. Opa, gostei dessa peça. Muitos casais deveriam assistir! Adoro temas que nos levam a refletir sobre essa relação amorosa com o outro. Bem delicado.
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  3. Deve ser divertida a parte das implicâncias recíprocas. Quem bom ir ao teatro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ruby, essa parte me incomodou. dá tristeza ver um casal enveredar por esse caminho. adoro ir ao teatro. bom, adoro eventos culturais como um todo.

      Excluir
  4. Concordo demais com a ideia central da peça, que é a necessidade de se buscar o afeto e o respeito, para que a relação do casal seja realmente plena. Esta peça deve ser ótima!

    Beijca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. marly, exatamente, com implicância as distâncias só aumentam. o mesmo para relação com os filhos.

      Excluir
  5. Olá Pedrita
    A peça deve ser excelente, as implicâncias do casal, a retomada da vida em comum ainda sem a intimidade que faz com sejam ao mesmo tempo casal e distantes um do outro, a busca de terapia porque há a o desejo de reencontrar o amor que os uniu no passado e a parte da realização das fantasias sem se sentir confortável.
    Divertida e reflexiva ao mesmo tempo.
    Respeito é mesmo a base de todas as relações <3
    Obrigada por compartilhar
    Bjs Luli
    Café com Leitura na Rede

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. luli, é muito boa sim. realmente retomar uma relação leva tempo e investimento, mas concordo com vc, quando ainda há amor. e respeito é a base de tudo.

      Excluir

Bons comentários!