domingo, 2 de dezembro de 2018

As Boas Maneiras

Assisti As Boas Maneiras (2017) de Juliana Rojas e Marco Dutra no Canal Brasil. O filme é uma co-produção com a França. Que filme triste! Eu queria muito ver esse filme, adoro o gênero e que filme impressionante! Bravíssimo!

Eu adoro a Marjorie Estiano e igualmente linda e talentosa a atriz que contracena com ela, a portuguesa Isabél Zuaa, que vai em uma entrevista de emprego para ser babá. Ela conta que estava cursando enfermagem mas teve que parar o curso. Logo ela percebe que, como acontece muito, a contratante confunde completamente e pergunta se a entrevistada poderia fazer também os serviços domésticos. Apesar dela ficar desconfortável com o pedido, acaba aceitando já que não tem referências e está em uma situação difícil.
É linda a relação que vai se estabelecendo entre elas. Ambas são mulheres solitárias, pouco sabemos de suas histórias. Fechadas naquele universo começam a se apaixonar. A que cuida é daquelas pessoas que passa a vida cuidando dos outros, com muita paciência, aprendeu a compreender as dificuldades dos outros, uma delicadeza e empatia que emociona.

O filme beira o insuportável quando o bebê nasce. Foi muito difícil seguir.  Parei e voltei a ver várias vezes. É tudo triste demais! O filme passa no tempo e o garoto fica mais velho, uma graça o menino que faz o filho interpretado por Miguel Lobo, que cenas difíceis. Que filme difícil e triste!

Os filmes desses diretores tem algumas músicas de Guilherme e Gustavo Garbato. Eu já tinha gostado bastante de Quando Eu Era Vivo e os músicos são os mesmos. Também no elenco os dois trazem músicos que em algum momento cantam na trama. Nesse é Cida Moreira que interpreta a vizinha da protagonista. São lindos os números musicais. Os efeitos especiais da Mikros Imagem são incríveis! As Boas Maneiras ganhou Festival do Rio e de Locarno na Suíça.

Beijos,
Pedrita

12 comentários:

  1. Não vi.
    Acho que temos atores muito, muito bom.
    As histórias é que para mim, não agradam.
    Mas sou doida por Novelas da TV Globo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. liliane, acho que vc não gostaria desse filme pq não gosta de filmes que não sejam mais realistas. esse tem lobisomens. tb amo as novelas da globo. atualmente sigo apaixonadamente espelho da vida.

      Excluir
  2. Senti também vontade de ver este filme, assim que li as primeiras resenhas sobre ele. Mas vou dar um tempo, tanta negatividade sobre as nossas realidades estão me fazendo mal... literalmente!

    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. marly, é muito, mas muito difícil. se está sensível é melhor ficar longe. eu parei várias vezes, mas queria saber o que acontecia e voltava e parava de novo até terminar. mas não aconselho. é incrível. mas sofri demais.

      Excluir
  3. Adorei a resenha, fiquei curiosa pra conferir o filme.
    Beijos boa semana
    http://bellapagina.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá, Pedrita!
    Eu não conhecia o filme, pela resenha é muito bom!

    Beijinhos ♥

    ResponderExcluir
  5. Pedrita, suas resenhas são ótimas, falam a verdade sobre o filme. Quando você diz que, em certo trecho, esse filme beira o insuportável, eu concluí que ele não é para mim. Estou fugindo das tristezas. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. heloisa, que bom que gosta pq são muito simples. é mesmo um bate papo muito informal. sim, fuja mesmo pq eu mesma quase nao consegui continuar mas a curiosidade foi maior. é triste demais.

      Excluir
  6. Olá Pedrita
    Sem dúvida alguma o filme cumpre o prometido, universo fantástico, horror, suspense e crítica social.
    O filme é ótimo.
    Vou dar pitaco 😁😁 sou fã da licantropia, eu amoooooo lobos, mas fiquei pensando porque tem sempre que ser um homem? Compreendido, amado e protegido.
    Porque não uma loba?
    Também achei que transformaram Clara na mãe do Joel e ela "achava bonito olhos de bicho", o que equivale a dizer que ela passou a viver em função de ser mãe dele.
    De qualquer maneira é só uma opinião rsrs sua resenha como sempre "hazooooo"
    Bjs Luli
    https://cafecomleituranarede.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. luli, muito legal q vc costuma ver o q eu vejo. em geral esses filmes fico falando sozinha. adoro qd alguem tb. viu. concordo. eu adorei q a história do lobisomem, qd a personagem conta como engravidou, ser em animação. mais precisamente em desenhos.

      Excluir

Bons comentários!