domingo, 13 de junho de 2021

A Senhora da Van

Assisti A Senhora da Van (2015) de Nicholas Hytner na Netflix. Eu queria ver esse filme, mas acabou passando. Olhando os filmes na Netflix me deparei com o cartaz e fui ver. Que preciosidade! É baseado no livro de Alan Bennett que se contou a história verdadeira da senhora da Van. Maggie Smith está majestosa!

Alex Jennings interpreta o escritor. Uma senhora mora na van na calçada. De vez em quando ela muda a van de lugar, mas novas regras nas ruas irão proibi-la de colocar o carro na calçada. Ela convence um morador a ficar em sua garagem e passam-se 15 anos ela vivendo ali com seus inúmeros objetos e sujeiras.

A Senhora da Van era uma grande pianista concertista. Ela resolve ir para o convento e as freiras tem a infeliz ideia de que um grande sacrifício para Deus seria ela não poder tocar mais, como uma forma de mostrar sua fé. É inveja que chama né? Após enlouquecer uma mulher que vivia ao piano, só queriam rezar por ela. O irmão a mesma coisa, a esposa dele proibiu de ver a irmã, então é um estranho que passa a cuidar dela. A igreja só dizia que iria rezar por ela, e o irmão não podia ver porque foi proibido, que confortável. 

E é um estranho, não religioso, que passa a ajudar e olhar por essa mulher. O filme mostra muito a hipocrisia da sociedade.
Sim, ela em geral não agradecia os presentes, reclamava do que iria ganhar e recusava muitas vezes. Pessoas em situação de rua, que perdem praticamente tudo, somente o orgulho e a dignidade de poder dizer não lhes resta.

Beijos.
Pedrita

14 comentários:

  1. Pedrita,
    Seus comentários estão fantásticos, mostrando exatamente como é o filme.
    Descobri esse filme precioso quase que por acaso, bem no início da pandemia. Adorei.
    Por mais histórias como essa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. heloísa, é incrível não? não entendo pq demorei tanto pra ver.

      Excluir
  2. OI Pedrita, esse filme é mesmo uma preciosidade. ATé fiquei com vontade de rever.
    Um ótimo domingo.
    beijos
    Chris


    Inventando com a Mamãe / Instagram  / Facebook / Pinterest

    ResponderExcluir
  3. Este eu vi- acho que - uns dois anos atrás. E achei a estória interessante. Durante a minha vida já me deparei com pessoas cujas vidas deram enormes guinadas para situações muito inesperadas e desfavoráveis. É difícil sobreviver a esse tipo de provação mas a senhora da van não parecia se deixar abater, rsrs.

    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. marly, o orgulho é imenso em pessoas em situação de vulnerabilidade. parecem mesmo que não se abalam. mas não é verdade. por isso temos que treinar a empatia.

      Excluir
  4. Imagino que seja um filme bem alegre! Lool
    *
    Neste mundo aonde me permito vaguear
    *
    Beijos e uma excelente semana.

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde Pedrita. Obrigado pela dica de filme, a resenha ficou maravilhosa, parabéns.

    ResponderExcluir
  6. É um bom filme baseado em uma inusitada história real.

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hugo, é verdade, mas há muitas como ela vivendo nas ruas. é q em geral aprendemos a não ver como se fossem invisíveis.

      Excluir
  7. Puxa não conhecia o filme.
    Fiquei impactada.
    Deve ser muito triste.
    Vou procurar para assistir.
    Sua resenha está perfeita.

    Bjs Luli
    https://cafecomleituranarede.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. luli, jura? tinha certeza q vc já tinha visto. acho q vc vai gostar muito.

      Excluir

Bons comentários!