quinta-feira, 31 de agosto de 2017

A Estranha Maldição de Dashiell Hammett

Terminei de ler A Estranha Maldição (1929) de Dashiell Hammett da Abril Cultural. Eu fui escolher um livro a ler, lá onde eles me aguardam, e dei de cara com essa capa horrível. Ok, é de uma época, mas eu particularmente achei pavorosa, chamativa e sensacionalista, já que tem uma frase exagerando as tragédias do livro e antecipando-as. Apesar que esses chamarizes não são bem assim.


Obra Arethusa (1923) de William Jacob Baer

Eu sempre comento com minhas amigas que gosto muito desse gênero de filme, mas que li poucas obras. Dashiell Hammett chegou inclusive a ter seus livros em filmes. Quando fui escrever sobre a obra que descobri que o autor integrou a Lista Negra de Hollywood. A Estranha Maldição é bem interessante e rocambólica. São praticamente três livros em um. Cada parte tem um segredo, a última une todas. Parece série, cada parte meio que finaliza em si, depois é reaberta depois.


Obra Apple Blossoms (1916) de George Herbert Baker

Começa com o sumiço de uns diamantes. Nosso protagonista é um detetive de uma empresa de seguros. Ele tenta descobrir se há golpes para conseguir levar o dinheiro do seguro. Na segunda parte ele é contratado pra proteger uma moça. E na terceira ele é chamado por um amigo para saber algo complexo dessa história.

Interessante que as obras do período que o livro foi escrito não tem nada a ver com o clima pesado do livro. 

Beijos,
Pedrita

20 comentários:

  1. Hello, Pedrita!

    A capa é bem estranha mesmo, mas deve ser interessante três livros em um. Fiquei curiosa, deve ser top!

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Três livros em foi o ultimo do Paul Auster que eu li!

    ResponderExcluir
  3. Por norma costumava de gostar de livros detetivescos, embora as obras policiais que agora estão a fazer sucesso em Portugal sejam de autores nórdicos e com uma violência fria bem distante do que me cativa em George Simenon, Agatha Christie, Conan Doyle, Rex Stout entre outros que fizeram as delícias da minha iniciação à carreira de leitor compulsivo. Este escritor desconheço de todo e pela capa não o leria, mas tenho saudades de voltar aos policiais o último foi muito bom "Mistic River" de Dennis Lehane que virou a filme aí no Brasil com o nome de "Sobre os meninos e lobos"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. carlos, vc resumiu bem o q me levou a ler esse livro. foi exatamente essa sensação do passado, do início do hábito de leitura. um certo saudosismo.

      Excluir
  4. Só de ver a capa já teria medo de ler o livro.
    big beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi, Pedrita,


    Estou ausente, viajando, devo voltar no domingo, rsrs. Eu costumava ler as obras do Dashiel Hammett e também as da mulher dele, a Lilian Hammett. Eu gostava do estilo seco e econômico dele, mas há anos não o leio. Não conhecia este livro.

    Beijoca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. marly, achei bem rocambólico esse, nada seco. fiquei curiosa de ler agora o q a esposa escreve. o q achei mais interessante é q ele escreveu roteiros pra filmes clássicos americanos e integrou a lista negra de hollywood.

      Excluir
    2. Vim ver o que havia escrito às pressas numa Lan House e percebi que nomeei a esposa do Hammett de modo impróprio, já que ela era mais conhecida por Lillian Hellman.

      Beijoca e boa semana

      Excluir
  6. Olá, tudo bem? Neste sábado, assistirei ao filme do Bozo, ou melhor, do Bingo Rs.... Estou com boa expectativa. Bjs, Fabio www.tvfabio.zip.net

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia. A frase parece assustadora, mas pelo que você conta, parece uma boa história, com mais suspense do que medo.

    ResponderExcluir
  8. Tenho dele "O falcão maltês", muito bom e que li faz muito e muitos anos.
    Meu pai adorava livros policiais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. liliane, é o mais conhecido já q virou o filme famoso. tb gosto de livros policiais. achei esse rocambólico demais.

      Excluir
  9. Olá Pedrita
    Apesar da capa não ser bonita e pela chamada sensacionalista, gostaria de ler o livro.
    Gosto de suspense, thrillers investigativos, e achei interessante vc dizer que as histórias se encerram em si mesmas e reabrem depois!
    Bjs Luli
    Café com Leitura na Rede

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. luli, acho q ia gostar. eu achei um pouco rocambólico demais.

      Excluir

Bons comentários!