domingo, 17 de outubro de 2021

Earthquake Bird

Assisti Earthquake Bird (2019) de Wash Westmoreland na Netflix. O personagem conta que um pássaro sempre canta após o terremoto. No Brasil está como Pássaro do Oriente. Claro que iriam interpretar de qualquer jeito tosco o título. O cartaz não tem nada a ver com o filme. O filme é baseado no livro da Susanna Jones que fiquei com vontade de ler. O filme é ambientado na década de 80.

Eu amo a Alicia Vikander, muito bonito o ator que faz par com ela, Naoki Kobayashi. A protagonista vive no Japão. Uma mulher está desaparecida e ela é chamada a depor, vamos conhecendo então a história dela. Ela passa a ter uma relação muito abusiva com um introspectivo fotógrafo. Ele a fotografa nas ruas, ele diz que percebeu que com ela poderá ter uma relação completamente sincera, que cada um diga exatamente o que está pensando. Com esse estratagema, ele passa a ter informações preciosas sobre ela e seus sentimentos, mas ele não faz o mesmo, finge fazer. Ela diz que se sente atraída por ele, ele diz que quer só fotografá-la. Ele a manipula, a humilha, fingindo que não quer nada com ela, pra ter ela completamente nas mãos dele. E aos poucos vemos que a regra vamos dizer tudo o que sentimos é uma farsa, porque ele mente o tempo todo pra ela. Logo ele diz que não fotografa pessoas, o que não é verdade, entre tantas outras mentiras que vamos conhecendo.

Uma jovem aparece no circuito interpretada por Riley Keough. Ela não fala nada de japonês, os amigos pedem que a outra a ajude. Ela não gosta muito da ideia, mas elas passam a sair um pouco. O namorado dela insiste que ela convide a "amiga" pra sair com eles e eles se conhecem. A recém chegada é linda e sedutora. A outra muito reservada e contida. Fiquei com muita pena da jovem que antes era feita de boba pelo namorado e agora é feita de boba pelos outros dois. Ela é sempre ridicularizada por eles ou passada pra trás.

Beijos,
Pedrita

10 comentários:

  1. Pela resenha tudo indica ser um filme legal de ver.
    .
    Um domingo feliz
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderExcluir
  2. Sendo hoje domingo e tals...vou lá conferir, rsrs.

    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Bom dia. Obrigado pela dica. Uma excelente segunda-feira.

    ResponderExcluir
  4. Eu adoro a Alicia Vikander!
    A premissa do filme é instigante, MAS deve dar uma raiva danada do fotógrafo manipulador 😞😞
    Tadinha é abusada emocional e psicologicamente pelos dois outros personagens 😢😢
    Vou levar a indicação pra dar umas voadoras nesses dois vilões mentirosos

    Bjs Luli
    https://cafecomleituranarede.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. luli, tb adoro a vikander. ai, queria dar colo pra ela.

      Excluir

Bons comentários!