terça-feira, 16 de agosto de 2022

O Assassino Cego de Margaret Atwood

Terminei de ler O Assassino Cego (2000) de Margaret Atwood da Rocco Editora. Mais um livro que minha amiga me presenteou. Esse eu resolvi ler porque é um dos preferidos dela e do Geocrusoé. E é fantástico! Como essa autora tem o dom de construir narrativas, escrever páginas e páginas de textos fascinantes.

Porcelana Peggy-Lou

Obra  Apple Blossoms along the Humber River de William Edwin Atkinson

O livro começa com a queda e morte de Laura Chase dentro de um carro em uma ponte. Muito interessante a forma da narrativa. A obra tem os fatos, as notícias dos fatos, a narradora que é a irmã da Laura, contando a sua história e o livro da irmã, O Assassino Cego.

Obra Cena no Jardim de Simone Mary Bouchard

O livro foi publicado postumamente e um grande sucesso de vendas. Após morrer, Laura ganhou uma legião de fãs. Interessante como a história das irmãs é contada, sem ordem cronológica. A irmã ora é criança, ora é uma idosa perseguida pelos fãs de Laura. E a trama vai se contando.

Obra Derretendo Neve, Laurentians (1922) de Albert H.Robinson

A família fundou uma fábrica de botões e foi muito bem sucedida nos negócios. Faziam botões para uniformes, depois para a guerra, mas a crise de 29 abalou profundamente os negócios. O pai não queria demitir os funcionários. Um empresário convence o pai a dar a mão de sua filha em casamento e ajudar nos negócios. É essa irmã, ela não gosta desse homem, mas quer salvar os negócios do pai, aceita então o casamento. Esse homem perverso vai destruindo a todos para enriquecer junto com sua irmã. Ele promete recuperar as indústrias, mas ele fecha tudo, leva o povoado a miséria e enriquece mais ainda.

Obra Celeiro no Inverno de Ralph Wallace Burton

Eu fui desconfiando do que estava acontecendo, acho que só mesmo a irmã não percebia. A irmã resolveu viver no modo desligado, deixar que seus algozes decidissem tudo por ela. Enquanto Laura se rebelava. Laura tinha 15 anos quando perdeu seu pai e ficou sob a guarda do cunhado. Após sua morte a irmã publicou o livro de Laura que achou em seus cadernos. Foi uma grande surpresa descobrir que o livro na verdade foi escrito por sua irmã. Que livro incrível!

Obra Primavera de Sophie Pemberton

Trechos de O Assassino Cego de Margaret Atwood:

“Por que será que queremos tanto celebrar a nossa memória? Mesmo enquanto ainda estamos vivos. Queremos afirmar a nossa existência, como cachorros mijando em hidrantes. Exibimos nossos retratos emoldurados, nossos diplomas em papel vegetal, nossas taças prateadas; bordamos nossos monogramas nos lençóis, gravamos nossos nomes em árvores, ou os rabiscamos nas paredes dos banheiros. É sempre o mesmo impulso. O que esperamos com isso? Aplauso, inveja, respeito? Ou simplesmente atenção, seja de que tipo for?

No mínimo queremos uma testemunha. Não podemos suportar a ideia de as nossas próprias vozes  silenciando finalmente, como um rádio sem bateria.”

“Eu me senti confusa e também incapaz: o que quer que ele estivesse pedindo ou exigindo estava fora do meu alcance. Essa foi a primeira vez que um homem esperou de mim mais do que eu era capaz de dar, mas não seria a última.”

Beijos,

Pedrita

14 comentários:

  1. Decerto um livro com uma narrativa muito interessante de ler.
    .
    Cumprimentos cordiais e poéticos
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderExcluir
  2. Fiquei com vontade de ler este livro também. É ótimo ser cativada por uma estória e não é sempre que isso acontece.

    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Efetivamente é uma obra prima, booker price e ainda bem que a Pedrita também gostou

    ResponderExcluir
  4. Que livro mais interessante.
    big beijos
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
  5. Amo a escrita da autora
    Com certeza esse livro é muito interessante e diferenciado
    Vai para a wishlist com certeza

    Bjs Luli

    ResponderExcluir

Bons comentários!