sábado, 19 de novembro de 2022

Motriz

Assisti ao espetáculo de dança do Balé da Cidade de São Paulo no Teatro Alfa. Como estava com saudade desse belíssimo espaço e que apresentação. Começou com a inesquecível Motriz de Cassi Abranches.

Fotos de Silvia Machado

O espetáculo fala dos dilemas do cotidiano frenético das grandes cidades, da mecanização, do ser humano como máquina. Nessa foto uma bailarina tenta fugir da frenética, repetição. Assustadoras as cenas que trombam com ela porque ela está sempre contra a corrente. A música é de BaianaSystem, com uma incrível brasilidade e potência, fortalecendo a coreografia. Desconcertante a iluminação de Gabriel Pederneiras. Inteligentes os figurinos de Janaina Castro. Muita criatividade!

Na noite teve ainda a coreografia Adastra de 2015, de Cayetano Soto. O controle dos corpos são fantásticos. O vídeo é dessa apresentação. O espetáculo vai até domingo.

Foto de Clarissa Lambert

Beijos,
Pedrita

10 comentários:

A arte salva!